ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

Novo comandante dos Bombeiros é nomeado e foco será concurso público

Com 350 militares em seu efetivo, o Corpo de Bombeiros do Piauí é um dos menores do Brasil. Atualmente, só há quarteis em 5 cidades do estado.

Com um déficit de mais de mil militares, o novo comandante do Corpo de Bombeiros,  coronel Ronaldo Macêdo vai assumir o cargo com várias missões. Uma delas é enfrentar uma corporação com escassez de pessoal e demanda elevada. Em entrevista à TV Cidade Verde, o comandante garantiu que vai lutar pela realização de concurso público. 

Com 350 militares em seu efetivo, o Corpo de Bombeiros do Piauí é um dos menores do Brasil. Atualmente, só há quarteis em 5 cidades do estado: Parnaíba, Floriano, Picos, Teresina e mais recentemente em Piripiri. Para avançar, o novo comandante da corporação aposta em uma única via: concurso.

Coronel Ronaldo Macêdo – Foto: Natanael Sousa

“Precisamos de concurso, de efetivo. Hoje talvez sejamos o menor Corpo de Bombeiros do Brasil. Nosso efetivo hoje gira em torno de 350 militares. Temos 224 municípios e estamos presentes apenas em Parnaíba, Floriano, Picos e Teresina. Chegamos recentemente em Piripiri”, declarou o coronel Ronaldo Macedo.

De acordo com a lei estadual de 2009, a previsão é que os Bombeiros do Piauí tenham pelo menos 1.442 militares. Regra que contradiz o que diz a ONU, que determina um bombeiro para cada mil pessoas. 

Segundo ele, na lei de organização básica do Corpo de Bombeiros já estão previstos outros quarteis, no entanto, só com o aumento do efetivo eles podem sair do papel.

https://www.youtube.com/watch?v=G-y6f1Mg_T8

“Temos uma lei de organização básica que prevê quarteis em Corrente, Bom Jesus e São Raimundo Nonato, Esperantina e Campo Maior. Existem na lei, mas ainda de fato não foram implantados. Não tem pessoal e não ouve um estudo para a real implantação. Precisamos fazer concurso. O governador é sensível a isso, mas existem as limitações”, afirmou.

Formado em engenharia civil pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), o Coronel Ronaldo Macedo tem 28 anos dedicados ao Corpo de Bombeiros. Segundo ele, a palavra de ordem hoje é a integração com outras forças policiais.

“Eu poderia dizer que a palavra de ordem hoje é a integração. Foi inaugurado na PM um Centro Integrado de Comando e Controle. É um centro que reunirá as forças de segurança para atuar nas diversas situações de operacionalidade. Cada um dentro da sua especificidade”, disse.

Cidade Verde

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade