ad16
https://ead.uninta.edu.br/
AutoPECASonline24.pt
DestaquesGeralTodas as Notícias

Novo presidente da OAB diz que fará gestão colaborativa e sem acordos políticos

O novo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí, Chico Lucas, declarou que a missão para o próximo triênio será acabar com relações viciadas e comprometidas com acordos políticos. Em entrevista ao Notícia da Manhã, desta segunda-feira (23), o advogado conta – que por ser jovem – não terá medo de abordar determinados assuntos e diz: “Não quero aplausos. A OAB tem que ser a vanguarda das instituições”.

“A real expectativa era da vitória. Nós, advogados mais jovens, representamos mais de 50% dos advogados da Ordem, com sede de participar, e fazer parte da Ordem uma instituição renovada, onde os advogados podem falar e ser ouvidos. Eu sempre tive a esperança que a renovação prevaleceria. A gente comemorou muito. A partir de agora são três anos sem descanso”, disse Chico Lucas, que será empossado em janeiro de 2016.

Presidente eleito da OAB Piauí, Chico Lucas - Foto: Cidade Verde
Presidente eleito da OAB Piauí, Chico Lucas – Foto: Cidade Verde

O novo presidente da Ordem conquistou  50,89% dos votos válidos, contra 47,20% do segundo colocado, Sigifroi Moreno.O pleito registrou ainda 1,91% de votos nulos e brancos. Recém eleito, ele fez  questão de frisar o bom relacionamento com o candidato adversário nas eleições e ressalta que o clima de disputa acabou.

“Ele é uma pessoa por qual tenho um enorme carinho. Ele é meu amigo pessoal, foi um adversário valoroso, que lutou dentro do primado ético. Foi uma disputa acirradíssima, mas de propostas. Não houve ataques. Agora, acabou. Não existe mais disputa, somos uma só instituição e precisamos nos unir para, cada vez mais, fortalecer nossa instituição”, disse.

Chico Lucas declarou ainda que pretende fazer uma gestão colaborativa, com apoio dos advogados e da sociedade. Segundo ele, a gestão será baseada no tripé: eficiência, lisura e moralidade.

“Convido todos a fazerem parte da OAB, seccional Piauí. Quero que todos vocês colaborem, que sejam críticos… Não quero aplausos, porque acaba viciando o processo. Eu quero a crítica, a cobrança e que você faça parte também do processo . Eu quero que a gente construa um diálogo saudável com os poderes, principalmente, com o Judiciário. Temos também que incorporar os movimentos e causas sociais. A OAB tem que se reaproximar. A palavra de hoje é eficiência. temos que ser eficientes na gestão, fazer com que as pessoas participem efetivamente. Temos que cobrar eficiência dos poderes, dos serviços públicos, dos cartórios…exigir que os direitos humanos sejam respeitados. Por sermos jovens, não teremos medo de tocar em assuntos, mas sempre com serenidade e amadurecimento”, reitera.

FONTE: Cidade Verde

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade