ad16
FronteirasTodas as Notícias

OAB-PI inaugura sala dos advogados em Fronteiras

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí, inaugurou na manhã de hoje (20) a Sala dos Advogados no Fórum Des. Tomas Gomes Campelo, na cidade de Fronteiras-PI. O espaço homenageou o advogado “Menandro Abdonário de Araújo” (in memoriam) e servirá para que os advogados que militam na região possam atender seus constituintes e outras atividades de seu exercício profissional.

Menandro de Araújo faleceu em 2012, aos 67 anos, foi advogado militante nas cidades de Simões, Fronteiras, Padre Marcos, Jaicós e Marcolândia e o primeiro assessor jurídico da Prefeitura de Caldeirão Grande do Piauí. O amigo Valdemir Alves de Almeida destacou em sua fala traços de sua personalidade e agradeceu a homenagem. “Muito justa a homenagem, pois ele foi um advogado que morreu na militância e que gostava muito de toda essa região”, afirmou.

O juiz titular do Fórum, João Manoel de Moura, destacou que o local é de fundamental importância, porque vai facilitar o atendimento dos advogados à população. “O papel do advogado é indispensável para que venha facilitar o acesso da população, do jurisdicionado, ao Poder Judiciário. E com essa sala, que está sendo inaugurada, vai ter esse contato com o advogado diretamente aqui no fórum, para fazer o atendimento da população e ajuizar as ações cabíveis”, comentou.

O presidente da Subseção da OAB/Picos, Frank Bezerra, agradeceu ao magistrado pela disponibilização do espaço, que só foi possível após a reforma do prédio, e destacou que esse era um pleito antigo da classe e que vai trazer maior dignidade para os advogados e para a comunidade. “Fronteiras e Paulistana são as cidades mais distantes da Subseção de Picos. Então, essa sala hoje representa a presença da OAB fisicamente na cidade. A Seccional desde o início teve essa preocupação”, pontuou.

Chico Lucas, presidente da OAB-PI, destacou que uma das preocupação da atual gestão é dotar a advocacia de espaço dignos para o exercício da atividade profissional, especialmente as Comarcas mais distantes de Teresina. Disse ainda que a Instituição tem visitado as Comarcas do Estado para ouvir as principais dificuldades dos advogados e que as demandas têm sido levadas ao Tribunal de Justiça, juntamente com propostas de solução, das quais muitas já foram atendidas.

“Sabemos das dificuldades da advocacia que milita no Sul do Estado, seja por falta de estrutura ou servidores, e temos levado essas demandas ao Tribunal de Justiça a fim de que tragam melhorias para a classe. A atual gestão do Tribunal tem avançado nesse sentido, ouvindo os pleitos da classe e tendo esse olhar direcionado à dificuldade dos profissionais que militam em todo o Estado”, finalizou Chico Lucas.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade