ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesGeral

Obra do novo prédio da Uespi deve ser concluída nos próximos dias

[ad#336×280]A Universidade Estadual do Piauí – UESPI se encontra atualmente enfrentando problemas por conta de sua dependência financeira, que se reverte em necessidades estruturais e de material humano. No entanto, o Campus da Uespi de Picos caminha a passos largos para uma nova “era” com a construção da  sede do Campus que está prevista para ser concluída nos próximos dias.

De acordo com o diretor do Campus de Picos, Evandro Alberto, devido ao andamento da obra e a aquisição de equipamentos as aulas no segundo semestre já devem ser iniciadas na nova sede.

 Alunas do curso de Enfermagem visitando a nova UESPI-Foto: Ascom Uespi de Picos

Alunas do curso de Enfermagem visitando a nova UESPI-Foto: Ascom Uespi de Picos

“Estamos fazendo um trabalho com o nosso reitor, Nouga Cardoso, e nossa vice-reitora, Bárbara Melo, e com os pró-reitores da Proplan, professor Benedito da Graça e o professor Geraldo. Existe uma grande possibilidade do novo prédio da Uespi de Picos ser concluído nos próximos dias, daí nosso emprenho de acelerar o processo da chegada e instalação da mobília. A meta é que as aulas no segundo semestre sejam iniciadas no novo prédio”, afirmou o diretor do Campus de Picos.

10417002_634930376583287_6081722211901816477_n

Na última quinta-feira, 19, equipamentos do mobiliário foram entregues na nova Uespi, dentre eles, conjunto para refeitório, cadeiras para secretarias, mesas para computadores, cadeiras giratórias, mesas para professores, longarinas, armários de aço e quadros de acrílico.

Parte do mobiliário que já foi entregue - Foto: Evandro Alberto
Parte do mobiliário que já foi entregue – Foto: Evandro Alberto

Em se tratando da infraestrutura do prédio que dará o suporte ao seu funcionamento efetivo, como água, telefonia e energia elétrica, estão em processo rápido de conclusão. De acordo com Evandro Alberto, já foi entregue o transformador de 500 kva, que representa alto potencial na geração de energia elétrica. A bomba de água também está no processo de instalação. A previsão é de que toda esta estrutura seja montada durante a semana que segue.

O novo prédio possui 24 salas, onde destas apenas duas estão em fase de acabamentos. A climatização do prédio está em fase de conclusão. Ao todo já foram instaladas mais de 80% das centrais de ar nas dependências internas. A quadra poliesportiva também se encontra em processo de conclusão.

10153757_608701132539545_1211179298_n

Dependências internas do prédio - Foto: Evandro Alberto
Dependências internas do prédio – Foto: Evandro Alberto

Apoio    

A obra do prédio da Uespi de Picos que foi iniciada há mais de um ano segue a todo vapor. Diante de inúmeras obras estaduais que estão paralisadas a construção da nova sede da Uspi sai na frente.

Evandro Alberto aponta que isto se deve muito ao comprometimento dos gestores que estão a frente da reitoria da Uespi, ao ex-governador Wilson Martins e ao atual Zé Filho, e também de forma especial a bancada parlamentar de Picos representada pela deputada estadual, Belê Medeiros (PSB), deputado Nerinho (PTB), deputado Tadeu Maia (PSB), e o secretário do Trabalho e Empreendedorismo do Piauí, Warton Santos. Os mesmos tem se empenhado pela causa da comunidade uespiana designada pela direção do campus.

Administração Superior da UESPI reunidos com a deputada Belê Medeiros – Foto: Ascom
Administração Superior da UESPI reunidos com a deputada Belê Medeiros – Foto: Ascom

Os parlamentares citados têm se mobilizado e destinado emendas do orçamento impositivo do Estado para dar continuidade ao processo de estruturação do prédio. Para o diretor, estes recursos se constituem como a garantia de um apoio continuado, à medida que abraçam a universidade e passam a fazer parte desta luta.

Deputado Nerinho discutindo a emenda com o reitor Nouga e a vice-reitora Barbara e com o diretor do campus de Picos Evandro Alberto-Foto: Ascom Uespi
Deputado Nerinho discutindo a emenda com o reitor Nouga e
a vice-reitora Barbara e com o diretor do campus de Picos Evandro Alberto-Foto: Ascom Uespi

Falta de professores

Foi ventilado na mídia piauiense que o Curso de Direito, um dos mais representativos na Uespi de Picos, principalmente por ser a única IES pública na região a disponibilizar o respectivo curso, não mais passaria a ofertar vagas devido a falta de professores efetivos.

Sobre este assunto, o diretor do Campus falou a nossa reportagem que existiu orientações para os cursos que não possuíssem até cinco docentes no seu quadro efetivo, que estes deveriam repensar as suas ofertas, como o caso de Direito. Porém, Evandro lembra que medidas estão sendo pensadas para solucionar o problema, um delas foi o recente anúncio de concurso para professor efetivo da Uespi que deve preencher a carência no núcleo estruturante.

 

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade