ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesTodas as Notícias

Obras do Hospital Regional de Picos serão entregues em março

Conclusão e entrega dos leitos está previsto para o início de março de 2020.

Na tarde da última segunda-feira (03) o secretário estadual de Saúde, Florentino Neto, veio a Picos junto com o presidente da Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares, Welton Bandeira e o Deputado Estadual Pablo Santos para avaliar as obras de reforma do Hospital Justino Luz.

Durante a visita, a comitiva se reuniu com a direção do hospital e representantes das empresas responsáveis pelo serviço de reforma e traçaram metas para conclusão e entrega dos leitos para o início de março de 2020.  “Estamos programando para meados de março ter o hospital em capacidade de cem por cento de operação, tanto na urgência e emergência como nas alas de internação”, afirmou o secretário.

A reforma já está em fase de conclusão no Pronto Socorro, Centro Cirúrgico e a ala B que contempla cerca de 60 leitos. Avanço na saúde piauiense picos contará com uma Unidade de Cuidados Convencionais (UCINCO), um Centro de Parto Normal (CPN) e com a Casa da Gestante. Para o deputado estadual Pablo Santos esse será um grande avanço para Picos e Região. “Em breve entregaremos a ala B que ela tem uma capacidade de aproximadamente 40 leitos mais 20 no Pronto Socorro, então será um grande avanço, um hospital que funciona com 90 leitos passará para 150”, disse.

Para direção do Hospital Justino Luz, o empenho para as melhorias é constante.  “É nossa maior preocupação até março está com o Hospital Justino Luz funcionando em sua total capacidade uma vez que esse é referência no atendimento à população do centro sul do estado atendendo em média uma população de 600 mil habitantes”, afirmou a diretora Samara Sá.

O Hospital Justino Luz, em Picos, é administrado pela Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares (Fepiserh), mas recebe o apoio do Governo do Estado, através da Sesapi na execução de obras e aquisição de equipamentos.

Fonte: Ascom

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade