ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesPolíciaTodas as Notícias

Operação prende irmãos suspeitos de atentado contra vereador de Alagoinha do Piauí

O crime aconteceu em uma estrada vicinal do município de Alagoinha do Piauí. O vereador voltava para a cidade quando caiu em uma emboscada e teve o carro atingido por diversos tiros.

Três pessoas, sendo dois irmãos, foram presos na manhã desta quinta-feira (24) por suspeita de participação no atentado ocorrido contra o vereador de Alagoinha do Piauí, Luís Alves Gonzaga, conhecido como Luisão, na última sexta-feira (18). De acordo com o delegado Aureliano Barcelos, responsável pela investigação, o crime teria ocorrido por vingança.

O delegado informou que os irmãos foram presos em cumprimento de mandado de prisão, porque há indícios da participação dos dois no atentado. O terceiro foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. Eles foram presos em São Julião, Padre Marcos e Vila Nova do Piauí. Com os irmãos, a polícia também apreendeu armas.

Armas foram apreendidas com suspeitos durante operação em Alagoinha do Piauí. — Foto: Divulgação/Polícia Civil
Armas foram apreendidas com suspeitos durante operação em Alagoinha do Piauí. — Foto: Divulgação/Polícia Civil

“No local do crime foi achado um boné que, depois, verificamos por meio das redes sociais pertencer a um dos irmãos suspeitos do crime”, informou.

O crime aconteceu em uma estrada vicinal do município de Alagoinha do Piauí. O vereador voltava para a cidade quando caiu em uma emboscada e teve o carro atingido por diversos tiros. Um disparo o atingiu no braço e ele foi ferido por estilhaços.

Segundo o delegado, a suspeita é de que os presos tenham tentado vingar a morte de um terceiro irmão, assassinado há cerca de um mês.

“Como esse rapaz que morreu e o vereador já tinham desentendimentos antigos, eles podem ter tentado essa vingança, mas isso ainda será apurado. Eles negam o crime, mas temos indícios da participação deles na tentativa de homicídio contra o vereador e há mais pessoas que ainda podem ser presas”, declarou.

O delegado destacou, contudo, que não há qualquer indício de participação do vereador “Luizão” no assassinato do irmão dos suspeitos presos.

do G1 Piauí

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade