ad16
DestaquesPolíciaTodas as Notícias

Operação Verdades: Empresário investigado presta depoimento e confessa assédio a menino de 11 anos

O delegado regional da Polícia Civil de Picos, Jonatas Brasil, em entrevista coletiva à imprensa, na manhã desta quinta-feira (22), revelou mais detalhes sobre a “Operação Verdades”, deflagrada ontem sobre pedofilia e exploração sexual de crianças e adolescentes na cidade. 

Segundo o delegado, um promotor de eventos, principal alvo da operação, prestou depoimento e confessou envolvimento com um menino de onze anos.

Delegado regional da Polícia Civil de Picos, Jonatas Brasil
Delegado regional da Polícia Civil de Picos, Jonatas Brasil – Foto: Romário Mendes/Riachaonet

O delegado informou que no momento a polícia está apurando dois crimes: “Seria o fato de o investigado ter assediado um menor e o chamado para manter relação sexual. Ele também solicitou, e o menor enviou, fotos íntimas em posições indicadas pelo investigado”, explicou Jonatas Brasil.

Segundo Jonatas, o promotor de eventos confessou os dois fatos. “O investigado confessou que adquiriu as fotos do menor e que assediou o adolescente para manter relações sexuais com ele. Porém, o ato sexual, o contato físico, não houve”, frisou.

Apesar das provas encontradas e confessar o envolvimento com o menor, o empresário não foi preso. De acordo com o delegado, o juiz entendeu que não era o momento de dar a prisão preventiva, porque precisava de mais provas. “Isso é muito comum e absolutamente normal e cabe a nós, a polícia investigativa, apurar mais elementos para representar novamente pela prisão preventiva e novamente vai depender do juiz de decretar ou não”, disse.

Jonatas reiterou também que pelo fato da investigação ainda está no início o nome do empresário não pode ser divulgado para não atrapalhar as investigações. “Não posso divulgar nomes, porque a operação foi deflagrada ontem e estamos em uma fase inicial”, pontuou.

O delegado acredita que outras pessoas podem ter sido vítimas do empresário e pede que elas compareçam a delegacia para relatar os casos.

Operação Verdades

A Operação Verdades foi deflagrada ontem (21) pela Polícia Civil de Picos e na ocasião foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão na residência e na sede da empresa de um promotor de eventos, com  objetivo de apreender dispositivos informáticos para serem periciados e conseguir mais provas dos crimes.

O promotor de eventos, dono de uma empresa de modelos da cidade, foi o principal alvo da ação.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade