DestaquesTodas as Notícias

Orçamento de Picos para 2017 é estimado em mais de 200 milhões

O projeto de lei orçamentária do município de Picos para o exercício financeiro de 2017 foi aprovado pela Câmara de Vereadores e passa a vigorar a partir de 1º de janeiro do próximo ano. A proposta havia sido enviada pelo prefeito reeleito, Padre José Walmir de Lima (PT), em 29 de setembro.

A Lei Orçamentária Anual – LOA/2017 foi aprovada por unanimidade em duas votações realizadas pela Câmara Municipal de Picos. As sessões foram conduzidas pelo presidente da casa, Hugo Victor Saunders Martins (PMDB) e contou com a presença de treze, dos quinze vereadores.

Prefeitura de Picos
Prefeitura de Picos

A Lei aprovada pela Câmara Municipal de Picos estima a receita e fixa a despesa para o exercício financeiro do próximo ano em R$ 217.245.000,00. Esse valor ultrapassa em pouco mais de 800 mil reais o orçamento deste ano, que foi estipulado em R$ 216.356.646,00.

As secretarias municipais de Saúde e Educação continuam sendo priorizadas na gestão do prefeito reeleito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT). No próximo ano, juntas as duas consumirão mais da metade do orçamento, fixado em R$ 217.245.000,00.

Segundo a proposta orçamentária enviada à Câmara Municipal de Picos pelo prefeito, Padre Walmir (PT), no exercício financeiro de 2017 as secretarias municipais de Saúde e Educação ficarão com R$ 125.468.900,00 do total previsto no projeto de lei. Esse valor significa mais de 50 por cento.

A secretaria com maior proposta orçamentária em Picos é a de Saúde, com previsão de R$ 70.973.400,00 em 2017. Em seguida vem a Educação, com R$ 54.494.500,00. O menor valor é da secretaria municipal de Planejamento, Orçamento e Avaliação, com R$ 516.100,00.

Dotação por órgão
Câmara Municipal…………………………………………………………………R$ 5.442.600,00
Gabinete do prefeito…………………………………………………. R$ 1.875.800,00
Controladoria Geral do Município………………………………..R$ 636.840,00
Secretaria Municipal de Administração……………………….. R$ 21.293.000,00
Sec. Mun. de Planejamento, Orçamento e Avaliação………R$ 516.100,00
Secretaria Municipal de Finanças………………………………..R$ 5.054.000,00
Secretaria Municipal de Educação……………………………….R$ 54.494.500,00
Sec. Mun. de Trabalho e Assistência Social…………………..R$ 4.588.800,00
Sec. Mun. de Agricultura e Abastecimento……………………R$ 3.201.800,00
Sec. Mun. de Obras, Habitação e Urbanismo…………………R$ 23.875.700,00
Secretaria Municipal de Serviços Públicos…………………….R$ 7.264.200,00
Secretaria Municipal de Saúde…………………………………….R$ 70.973.400,00
Secretaria Municipal de Cultura…………………………………..R$ 2.493.700,00
Sec. Mun. de Meio Ambiente e Recursos Hídricos…………R$ 3.680.700,00
Sec. Mun. do Turismo e Des Econômico e Tecnológico….R$ 1.934.500,00
Secretaria Municipal de Governo………………………………….R$ 1.835.800,00
Gabinete do vice-prefeito……………………………………………..R$ 326.500,00
Procuradoria Geral do Município…………………………………..R$ 1.207.200,00
Tesouro Municipal………………………………………………………R$ 237.500,00
Secretaria Municipal de Esporte e Lazer………………………..R$ 3.974.960,00
Sec. Mun. de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana…. R$ 1.736.960,00
Reserva de Contingência……………………………………………….R$ 600.000,00
TOTAL…………………………………………………………………………………..R$ 217.245.000,00

(Fonte: JP online)

LER MATÉRIA COMPLETA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também