ad16
DestaquesTodas as Notícias

Pablo Santos comemora primeira cirurgia por videolaporoscopia em Hospital de Picos

O parlamentar, que é médico e ex-presidente da Fepiserh foi um dos que mais defendeu a implantação desse serviço por considerar a importância e a referência do Justino Luz como unidade de saúde que atende, atualmente, mais de meio milhão de habitantes.

O deputado estadual Pablo Santos (MDB) comemora o anúncio da primeira cirurgia por videolaparoscopia que será realizada no Hospital Regional Justino Luz, em Picos, na próxima sexta-feira (02). O parlamentar, que é médico e ex-presidente da Fepiserh foi um dos que mais defendeu a implantação desse serviço por considerar a importância e a referência do Justino Luz como unidade de saúde que atende, atualmente, mais de meio milhão de habitantes das regiões do Vale do Guaribas, Sambito e Canindé e realiza uma média de 7 mil atendimentos por mês.

Para o parlamentar a interiorização na oferta de serviços na área da saúde representam também o fortalecimento da rede SUS no estado, beneficiando a população, que pode ter atendimento de qualidade no próprio município.
“Agora, toda a população de Picos e do entorno passarão a ter acesso a esse procedimento que, antes, só era possível ser feito em Teresina, no HGV. Não tenho dúvidas que a videolaporoscopia representa um grande avanço na medicina regional e também uma grande conquista para a população, especialmente a mais carente, que não precisará se deslocar para Teresina para a realização do procedimento”, diz Pablo Santos.

Segundo ele, a videolaporoscopia consiste em uma cirurgia menos invasiva, com uma melhor resolutividade em relação ao método convencional, proporcionando também uma recuperação mais rápida do paciente. O primeiro procedimento será uma colecistectomia (retirada da vesícula).

De acordo com a Fepiserh, fundação que administra o Justino Luz, o equipamento é um dos mais modernos do mercado e é o único da região em hospitais que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Fonte: Ascom

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade