ad16
DestaquesGeralPersonalidades PicoensesTodas as Notícias

Personalidades Picoenses: conheça Socorro Costa, a colunista social da Cidade Modelo

Socorro Costa, famosa colunista social picoense, sempre se dedicou por todas as áreas em que passou.

Por Cecília Matos com colaboração de João Pedro Nunes.

No sexto episódio da série Personalidades Picoenses, iremos conhecer a colunista social Maria do Socorro Santos Costa, mais conhecida como Socorro Costa, que contribuiu para a construção da história de Picos com o seu jeito peculiar.

Socorro Costa/ Foto: João Pedro Nunes.

Socorro Costa é a primogênita de seis irmãos, dos quais dois deles já morreram, é solteira e não teve filhos. Toda a sua vida foi dedicada ao trabalho, dando o seu melhor em todas as áreas que passou, e a família, a qual ela se refere como amuleto da sorte e tem todo o seu amor.

Veja abaixo o vídeo sobre Socorro Costa

Uma mulher à frente do seu tempo

Socorro Costa apesar de não ter Jornalismo entre os seus cursos de nível superior, foi uma das pioneiras da comunicação picoense. Ela tinha um programa na Rádio Difusora, em 1979, intitulado Socorro Costa e Você, que ia ao ar nas tardes de sábado e seu conteúdo era sobre moda e culinária.

Além desse programa de rádio, Socorro tinha uma coluna social no Jornal de Picos, um dos primeiros jornais da cidade, que começou em 1981, e nela contava sobre a vida das famílias tradicionais da Capital do Mel. Por meio dessa coluna era feito o acompanhamento social desde a casamentos à aniversários destas pessoas.

Cozinheira de mão cheia

Logo pequena foi morar com seus avós e lá conheceu a arte da culinária, pois sua avó Etelvina Neves Costa era uma cozinheira de mão cheia, “tudo que ela fazia era gostoso, era impressionante, até hoje eu faço algumas receitas dela e é sempre um sucesso”, lembrou Socorro.

Hoje Socorro Costa é dona de um dos melhores Bufês de Picos e já chegou a ter o seu próprio restaurante durante 30 anos, o Sabor da Terra. Segundo ela, os preços dos seus produtos estão de acordo com a qualidade, que vai além dos encontrados na cidade, alguns vem até mesmo de Salvador diretamente para sua cozinha.

Mulher de luta

Durante toda sua história é possível observar a sua luta por uma Picos melhor, Socorro se considera vez e voz picoense, pois ela tem acesso direto a órgãos governamentais, como a justiça e por ser uma pessoa dinâmica e atuante a muito tempo ela busca soluções para os problemas da cidade.

Socorro Costa/ Foto: João Pedro Nunes.


“Eu não estou atrás de nada para mim, minha casa é alugada, o carro é do meu irmão, a única coisa que eu tenho é vontade de trabalhar muito”, afirmou Socorro quando questionada por seu trabalho na cidade. Ela também disse que fez muito pouco por Picos e ainda sonha em ver uma cidade organizada e humanizada em relação aos atendimentos em secretarias municipais e estaduais.

Sem medo de ir atrás do que está errado, sempre ao ver alguma coisa irregular, seja um atendimento ou um prédio funcionando de maneira indevida, Socorro aciona o Ministério Público e faz as suas denúncias. “Eu não tenho medo, não estou roubando, não estou tirando nada para mim, estou apenas lutando pelo povo, não posso ver a desigualdade e ficar de olhos fechados”, disse.

Escolaridade

Socorro Costa estudou durante toda sua vida em Picos, só saiu da cidade quando foi fazer a sua primeira graduação Licenciatura Plena em Letras/Habilitação Português-Inglês e suas Literaturas, na FAFOPA, em Araripina no ano de 1984, fez parte também da primeira turma de Direito da UESPI Picos em 2001 e por último, pela UFPI, em 2010, Licenciatura Plena em Pedagogia/Habilitação Magistério e Educação Infantil.

Socorro Costa/ Arquivo Pessoal.

Além dos cursos de nível superior, ela tem seis pós-graduações, entre elas em História do Brasil, com ênfase na História do Piauí, pois para ela as memórias têm importância e são através dos seus livros que a história de Picos está sendo eternizada. Um dos livros que está para lançamento é o ‘Poder Legislativo Picoense – Sua História, Nossa História’, que conta toda a história política picoense.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade