ad16
DestaquesPolíticaTodas as Notícias

Pesquisa Amostragem: Com apoios, Rafaell Fontelles tem 44% e Sílvio Mendes 20%

A pesquisa do Instituto Amostragem para o Grupo Meio Norte de Comunicação foi realizada de 16 a 19 de abril com 1.137 entrevistas com pessoas de 16 ou mais anos de idade residentes em 49 municípios de todas as regiões do Piauí.

O pré-candidato a governador Rafaell Fontelles (PT), com apoio do pré-candidato a presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e do pré-candidato a senador Wellington Dias (PT), lidera pesquisa de intenção de voto estimulada com 44,85%. As informações são do jornalista Ananias Ribeiro no jornal Meio Norte.

Em seguida aparece o pré-candidato Sílvio Mendes (União Brasil), que com o apoio de Ciro Nogueira (Progressistas), ministro do presidente Jair Bolsonaro (PL), tem 20,67%.

O pré-candidato a governador Major Diego (PL), com apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL), alcança 4,84%. Gessy Fonseca (PSC) com Pastor Everaldo (PSC) soma 3,17%. E o vice-prefeito de Teresina Robert Rios (Republicanos) com o apoio de Marcos Pereira (Republicanos) fica com 2,90%.

O pré-candidato Cleiton Popular (PTB) sendo apoiado por Roberto Jefferson (PTB) fica com 0,97%. Já Alessander Mendes (Podemos) com Renata Abreu (Podemos) soma 0,79%. O pré-candidato Wallace Miranda (Novo) com o apoio de Eduardo Ribeiro (Novo) tem 0,44%. Os eleitores que responderam que não votariam em nenhum pré-candidato somam 11,08%.

Não souberam ou preferiram não opinar 8,62%. Os que votariam em branco ou anulariam o voto somam 1,67%.

FICHA TÉCNICA 
A pesquisa do Instituto Amostragem para o Grupo Meio Norte de Comunicação foi realizada de 16 a 19 de abril com 1.137 entrevistas com pessoas de 16 ou mais anos de idade residentes em 49 municípios de todas as regiões do Piauí.

O levantamento tem margem de erro de 2,85 pontos percentuais para mais ou para menos e um nível de confiança de 95%.

A pesquisa para os cargos de governador e senador com o número PI-05834/2022 e para o cargo de presidente com o número BR-06048/2022. O registro se deu no dia 15 de abril de 2022.

Sem apoios, Sílvio tem 26,12% e Rafaell 23,66%

Sem apoios, o pré-candidato a governador Sílvio Mendes lidera pesquisa de intenção de voto estimulada realizada pelo Instituto Amostragem com 26,12%. Em seguida aparece o pré-candidato Rafaell Fontelles com 23,66%.

Os dois estão tecnicamente empatados dentro da margem de erro do levantamento que é de 2,85 pontos percentuais para mais ou para menos. Na margem de erro, Sílvio oscila entre 28,97% e 23,27%. E Rafaell oscila entre 26,51% e 20,81%.

O vice-prefeito de Teresina e pré-candidato a governador Robert Rios aparece em terceiro com 4,49%. A pré-candidata Gessy Fonseca soma 3,34%.

Major Diego soma 2,37%, Cleiton Popular pontua com 1,06%, Wallace Miranda soma 0,97% e Alessander Mendes tem 0,62%. Os eleitores que afirmaram que não sabem em quem votar para governador somam 17,77%.

Os que responderam que não votariam em nenhum dos nomes apresentados são 17,50%. E os que afirmaram que votariam em branco ou anulariam o voto somam 2,11%.

Sílvio Mendes perde votos com Ciro Nogueira; Rafaell quase dobra com Lula e Wellington

O pré-candidato a governador Sílvio Mendes perde 5,45 pontos percentuais – de 26,12% para 20,67% – na pesquisa de intenção de voto estimulada quando aparece para o eleitor com o apoio de Ciro Nogueira, ministro do presidente Jair Bolsonaro.

Já Rafaell Fontelles sobe 21,19 pontos percentuais – de 23,66% para 44,85% – quase dobrando a intenção de voto estimulada ao aparecer como pré-candidato com o apoio de Lula e Wellington Dias.

O pré-candidato Major Diego salta de 2,37% para 4,84%; crescendo 2,47 pontos percentuais, mais que dobrando as intenções de voto, quando aparece ao eleitor com o apoio do presidente Jair Bolsonaro.

Gessy Fonseca cai de 3,34% para 3,17% com o apoio do Pastor Everaldo, queda de 0,17 ponto percentual no levantamento do Instituto Amostragem. Robert Rios sai de 4,49% para 2,90% com Marcos Pereira, queda de 1,59.

O pré-candidato Cleiton Popular cai de 1,06% para 0,97% com o apoio de Roberto Jefferson. Alessander Mendes sobe de 0,62% para 0,79% com Renata Abreu. E Wallace Miranda sai de 0,97% para 0,44% com apoio de Eduardo Ribeiro.

Em Teresina, Sílvio tem 30% e Rafaell 25%

A pesquisa do Instituto Amostragem para o Meio Norte foi realizada em 49 municípios de todas as microrregiões do Piauí.

Apenas em Teresina, o levantamento mostra o pré-candidato Sílvio Mendes liderando com 30% da intenção de voto estimulada, seguido por Rafaell Fontelles com 25%. Gessy Fonseca tem 10,38%, Major Diego soma 3,08% e Robert Rios alcança 2,69%.

Cleiton Popular aparece com 1,15%, Alessander Mendes e Wallace Miranda estão empatados, cada, com 0,38%. Os eleitores da capital que responderam não votar em nenhum são 17,69%. Brancos e nulos somam 1,54% e não opinaram 7,69%.

Na pesquisa anterior do Instituto Amostragem para o Meio Norte realizada entre 24 e 28 de fevereiro, Sílvio Mendes liderava em Teresina com 41%. Rafaell Fontelles vinha em seguida com 20,17%. Gessy Fonseca tinha 7,38%.

Major Diego somava 3,47%, Fábio Sérvio 2,60%, Washington Bonfim somou 1,30%. Cleiton Popular ficou com 1,08% e Wallace Miranda com 0,22%. Nenhum somou 12,58%. Brancos e nulos 3,47% e Não souberam opinar 6,72%.

A pesquisa do Instituto Amostragem para o Meio Norte foi realizada de 24 a 28 de fevereiro com 2.000 entrevistas em 90 municípios do Piauí. A margem de erro é de 2,19 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa para os cargos de governador e senador está registrada sob o número PI-08757/2022.

Rafaell é renovação para 25,24%; Sílvio para 17,59%

A pesquisa do Instituto Amostragem para o Meio Norte questionou ao eleitor qual pré-candidato a governador representa renovação política no Piauí.

Para 25,24% dos eleitores, quem representa renovação é o pré-candidato a governador Rafaell Fontelles. Já 17,59% responderam que Sílvio Mendes representa renovação política no Estado.

A renovação é representada por Major Diego para 4,57%. Outros 4,49% escolheram Gessy Fonseca. Robert Rios representa renovação para 2,99%; e Wallace Miranda para 1,5%. Já Cleiton Popular é renovação para 1,41%. E Alessander Mendes para 0,79%.

Os eleitores que não souberam opinar somam 25,51% e os que afirmaram que nenhum dos pré-candidatos representa renovação somam 15,92%.

Grau de Conhecimento X Possibilidade de Votar

A pesquisa do Instituto Amostragem para o Meio Norte também questionou os eleitores sobre o grau de conhecimento dos pré-candidatos ao Governo do Estado.

O levantamento mostra que 43,36% dos eleitores não conhecem Rafaell Fontelles, enquanto 33,69% conhece de ouvir falar, 11,79% conhece mais ou menos e 10,55% conhecem bem o pré-candidato a governador do PT. Não souberam responder 0,62%.

Sílvio Mendes não é conhecido por 25,33% dos eleitores, outros 38,43% conhecem o pré-candidato de ouvir falar, 15,57% conhecem mais ou menos, 20,14 conhecem bem e não souberam responder 0,53%.

68,69% não conhecem Major Diego, 21,81% conhecem de ouvir falar, 4,4% conhecem mais ou menos, 4,4% conhecem bem e não responderam 0,7%. Já 71,68% não conhecem Gessy Fonseca, 19% conhecem de ouvir falar, 4,84% conhecem mais ou menos e 4,05% conhecem bem. Não reponderam 0,44%.

Já 37,64% responderam não conhecer Robert Rios, 32,28% conhecem de ouvir falar, 14,78% conhecem mais ou menos, 14,86% conhecem bem e não opinaram 0,44%. Cleiton Popular não é conhecido po 83,91%. Já 11,87% conhecem de ouvir falar, 2,55% conhecem mais ou menos, 0,97% conhecem bem. Não opinaram 0,7%.

O pré-candidato Alessander Mendes não é conhecido por 85,14%. Já 11,7% conhecem de ouvir falar, 1,93% conhecem mais ou menos e 0,44% conhecem bem. Não responderam 0,79%. 88,13% não conhecem o pré-candidato a governador Wallace Miranda, enquanto 8,53% conhecem de ouvir falar, 1,93% conhecem mais ou menos, 0,79% conhecem bem e 0,62% não responderam.

POSSIBILIDADE DE VOTAR – O Instituto Amostragem também questionou os eleitores sobre a possibilidade de votar nos pré-candidatos a governador do Piauí. 35,62% responderam que poderiam votar em Rafaell Fontelles, 42,04% não votariam de jeito nenhum e 15,39% disseram que Rafaell é o único candidato em que votaria para o Governo do Estado. Não responderam 6,95%.

32,54% afirmaram que poderiam votar em Sílvio Mendes, 48,55% não votariam nele de jeito nenhum, e 11,17% disseram que é o único candidato em que votaria. Não souberam 7,74%.

16,45% falaram que poderiam votar em Major Diego, 72,65% que não votariam de jeito nenhum, 1,58% que é o únido candidato em que votaria e não opinaram 9,32%.

17,41% poderiam votar em Gessy Fonseca, 70,36% não variam de jeito nenhum, para 1,58% é a única candidata em que votaria, os indecisos são 10,64%. De acordo com a pesquisa, a possibilidade do eleitor votar em Robert Rios é a seguinte: 16,36% poderia votar, 75,2% não votaria de jeito nenhum, 0,97% é o único candidato em que votaria e 7,48% não responderam. 

Já Cleiton Popular poderia receber o voto de 12,84%, não votaria de jeito nenhum 75,73%, único candidato em que votaria 0,26% e indecisos 11,17%. Em Alessander Mendes 16,36% poderia votar, 70,54% não votaria, 0,09% é o único candidato em que votaria e não sabem 13,02%. E Wallace Miranda 10,64% poderia votar, 79,51% não votaria, 0,26% é o único a votar e 9,59% não responderam.

Senado: Wellington lidera com 54,71%; Joel tem 10,55%

O pré-candidato a governador Wellington Dias (PT) lidera pesquisa de intenção de voto estimulada para senador com 54,71%.

O pré-candidato a senador Joel Rodrigues (Progressistas) tem 10,55%. O pré-candidato Fábio Sérvio (Podemos) soma 6,95%.

Os eleitores que afirmaram que não votariam em nenhum dos pré-candidatos somam 15,92%.

Os que não souberam opinar em quem votam são 9,06%. E os que afirmaram que votariam em branco ou anulariam o voto representam 2,81%.

Lula tem 66,84% para presidente no Piauí

O pré-candidato a presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera pesquisa de intenção de votos no Piauí com 66,84%. Em seguida aparece o presidente Jair Bolsonaro (PL), pré-candidato a reeleição, com 15,04%. Ciro Gomes (PDT) vem em terceiro com 7,74%.

O pré-candidato André Janones (Avante) tem 1,58%. João Dória (PSDB) e Simone Tebet (MDB) tem, cada, 0,53%. A précandidata Vera Lúcia (PSTU) tem 0,35%.

José Maria Eymael (DC) soma 0,09%. O mesmo percentual de Luiz Felipe D’Ávila (Novo) com 0,09%. Não pontuaram os précandidatos Alessandro Vieira (Cidadania), Leonardo Péricles (UP), Luciano Bivar (União Brasil) e Sofia Manzano (PCB).

Os eleitores que não votariam em nenhum dos pré-candidatos a presidente somam 3,78%. Os que não souberam opinar são 2,29%. E os que votariam em branco ou anulariam o voto somam 1,14%.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.