ad16
PolíticaTodas as Notícias

“Pesquisa de vice só se for para todas as vagas também”, diz Severo Eulálio

A possibilidade do MDB perder a indicação da vaga de vice na chapa, que será liderada pelo governador Wellington Dias (PT), voltou a ganhar força na base aliada. Preocupados com a repercussão que esse cenário ganhou na última semana, lideranças do partido voltaram a reforçar que a única possibilidade existente é do deputado  Themístocles Filho (PMDB) ser o vice.

O deputado Severo Eulálio garante que o partido rechaça a proposta de pesquisa apresentada pelo presidente nacional do Progressistas, senador Ciro Nogueira. Segundo ele, se for feita pesquisa para vice, o mesmo critério deve ser aplicado para a escolha de todas as outras vagas da chapa majoritária.

Deputado estadual Severo Eulálio-Foto: Romário Mendes

Severo afirma que no MDB o entendimento é de esperar uma definição do governador Wellington Dias até o dia 7 de abril. Essa data é o último prazo dado pela Justiça Eleitoral para que as legendas definam os candidatos.

“Se for para ter pesquisa, que seja para todos. O mesmo critério teria que ser usado por todas as vagas. Criar um critério para vice, outro para governador, senador é desproporcional. Teria que ser o mesmo critério. Pesquisa de vice só se for para todas as vagas também”, disse.

De acordo com o deputado, o PMDB não pressiona o governador Wellington Dias por uma definição. “Todos os partidos estão conversando e reivindicando espaços e o MDB não é diferente. Estamos defendendo isso, do Themístocles Filho ser o vice, há muito tempo. O partido está fechado com a vaga de vice. Nunca foi tratada outra possibilidade a não ser essa. O PMDB quer e reivindica é a vaga de vice. Mas sem afobamento, sem pressão. Isso tem que ser conversado com todos os partidos”, comentou.

Fonte: Cidade Verde

Tags
LER MATÉRIA COMPLETA

Leia Também