ad16
https://ead.uninta.edu.br/
AutoPECASonline24.pt
GeralTodas as Notícias

Piauí receberá o primeiro Banco de Alimentos para atender entidades

[ad#336×280]O Piauí deverá receber até o segundo semestre deste ano, o primeiro Banco de Alimentos do Piauí. Ele funcionará como uma central de arrecadação de alimentos, oriundos de doações, e será distribuído para entidades e população carentes.

Os alimentos serão doados por fornecedores, agricultores, produtores e distribuidores do setor alimentício, incluindo indústrias, supermercados, varejões, feiras, centrais de abastecimentos e outros, que pretendam se desfazer do excesso de produtos.

Todo material que for recebido no Banco de Alimentos será selecionado, separado em porções, processados ou não, embalados e distribuídos gratuitamente a entidades assistenciais, como forma de complementação às refeições diárias da população assistida. Segundo o diretor presidente da Central de Abastecimento do Piauí (Ceapi), Alberto Monteiro Neto, a sede do Banco de Alimentos será construída na própria sede da Ceapi, o que facilitará o recebimento e distribuição dos produtos.

Alimentação saudável
Alimentação saudável

O presidente explicou que a ordem de serviço da obra foi assinada na última segunda-feira (31), e deve custar R$ 1.850.000,00, recursos provenientes do Ministério do Desenvolvimento Rural (MDS). Ele esteve reunido com o secretário de Desenvolvimento Rural (SDR), Rubens Martins e com o deputado estadual Fernando Monteiro para firma o contrato e autorizar o início das obras. Desse total, R$ 1.500.000,00 será utilizado na execução da obra e R$ 350.00,00 na compra de equipamentos do banco.

O presidente da Ceapi explicou que, além de produtos do setor alimentícios, o Banco de Alimentos do Piauí aceitará recebendo doações de outros gêneros, como produtos de higiene. Todos eles serão separados, embalados e distribuindo, seguindo os critérios do Programa.

A expectativa de Alberto Monteiro Neto é de que, em seis meses, as obras do Banco de Alimentos estejam concluídas. “Esperamos que tudo fique pronto o mais rápido possível. Todo esse material que for recebido será entregue a quem realmente necessita, a pessoas que estão em condições de vulnerabilidade”, pontuou o presidente da Ceapi.

saojoaocanabrava

Para ser contemplada com recursos do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, a Central de Abastecimento do Piauí (Ceapi) fez a inscrição e participou de um Edital de Seleção Pública, tendo projeto aprovado e atendendo todos os critérios técnicos de implantação do Programa. Todas as empresas que irão doar os produtos para o Banco de Alimentos precisarão passar por um cadastro para que haja um controle. “É importante que saibamos o que cada empresa está doando, a origem desse alimento ou outros produtos, pois assim, saberemos a quem nos reportar, caso necessite”, disse Alberto Monteiro Neto.
Fonte: Jornal O Dia / Isabela Lopes

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade