ad16
AutoPECASonline24.pt
Geral

Piauí terá sistema inédito de registro de B.O online para desaparecidos

A Delegacia Virtual do Piauí disponibilizará a partir de segunda-feira (10), um sistema inédito que permite o registro de boletim de ocorrência online para pessoas desaparecidas. Segundo o delegado João Paulo de Lima, a ferramenta dará mais agilidade ao trabalho da polícia, que será alertada assim que o novo módulo receber a denúncia.

Ferramenta de localização de desaparecidos é implantada no estado - Catarina Costa/ G1 PI
Ferramenta de localização de desaparecidos é implantada no estado – Catarina Costa/ G1 PI

“O novo sistema funcionará em regime de 24 horas dentro do site da delegacia, podendo a pessoa registrar o B.O da sua casa, anexar características sobre o desaparecimento, roupa que ele usava e últimos contatos quando foi visto pela última vez, além inserir a foto da pessoa. Após isso, gera-se o relato da ocorrência e todas as polícias serão imediatamente acionadas”, explicou.

Para o titular da Delegacia Virtual, anteriormente o registro de pessoas desaparecidas demandava mais tempo, já que era necessário deslocamento até a polícia, e muitas vezes corria o risco do desaparecido ser até vitimado. Com a nova ferramenta, João Paulo espera poder dar uma resposta mais rápida à população e para isso análise do B. O. de desaparecidos terá prioridade sobre os demais.

 O delegado explica que após o registro online, as informações são checadas pela polícia e o denunciante tem até um dia para comparecer a delegacia para obter mais informações sobre o caso. “O boletim servirá como uma alerta, mas é necessário que o cidadão leve até nós a impressão do relato da ocorrência”, destacou.

O analista da Agência de Tecnologia da Informação (ATI) Evaldo Cunha, responsável pelo desenvolvimento do sistema, acrescenta ter levado dois meses para a criação da ferramenta e a maior novidade é o módulo que permite upload da foto do desaparecido, podendo ser feito através até mesmo do celular.

De acordo com o delegado João Paulo, 371 casos de desaparecidos foram registrados em 2012 e no ano passado o número subiu para 409 ocorrências, um crescimento significante para apenas dois anos. Mesmo assim, ele acredita que a polícia deixa de ser notificada de muitos casos pela demora no sistema de registro, mas espera reverter a situação com a implantação da nova ferramenta.

Fonte: G1 PI

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade