ad16
GeralPolítica

Piauí terá superintendência para defender direitos das mulheres

Em defesa das mulheres - Foto: Ascom
Em defesa das mulheres – Foto: Ascom

Na manhã da última terça-feira (26) a deputada estadual Margarete Coelho participou, no palácio de Karnak, da reunião da Câmara Técnica Estadual Interinstitucional do Pacto de Enfretamento à Violência contra a Mulher.

Na pauta da reunião, a presidente da Câmara, Sônia Terra, apresentou ao Governador Wilson Martins o programa do Governo Federal, “Mulher, Viver sem Violência. Casa da Mulher Brasileira” que trata da implantação de uma casa para mulheres, que integrarão serviços públicos de segurança, justiça, saúde, assistência social, acolhimento, abrigamento e orientação para o trabalho, emprego e renda em todas as 27 capitais brasileiras. “Nós queremos que o Piauí seja um dos primeiros estados a implantar a Casa da Mulher Brasileira, em face da violência contra a mulher que estamos enfrentando no Piauí”, defendeu Sônia Terra.

Aproveitando a oportunidade, a deputada estadual Margarete Coelho (PP) apresentou o projeto de criação de um órgão, com status de superintendência, ligado diretamente ao gabinete do Governador, para tratar de políticas públicas para as mulheres. “A defesa dos direitos da mulher não trata apenas da defesa e combate à violência, mas é uma linha transversal, que trabalha na saúde, capacitação e tudo o que a mulher precisa”, defendeu a deputada progressista.

O Governador se mostrou muito satisfeito com a reunião e sensível a todas as reinvindicações apresentadas pela Câmara. “Vamos trazer o projeto para a criação do órgão de defesa dos direitos da mulher o mais rápido possível. Este tema é urgente à toda a sociedade”, explicou Margarete Coelho.

Fonte: ASCOM

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade