ad16
DestaquesGeralSaúdeTodas as Notícias

Piauí vacinou apenas 20% das crianças de 5 a 11 anos, alerta Sesapi

Até a manhã desta quarta-feira (09) o estado do Piauí já vacinou 66.762 crianças entre 05 e 11 anos o que equivale a 20,14% do público desta faixa etária

A vacinação infantil é uma etapa fundamental para o desenvolvimento saudável de todas as crianças, e a imunização contra a Covid-19 é essencial para manter nossas crianças protegidas contra o vírus que é tão letal. Até a manhã desta quarta-feira (09) o estado do Piauí já vacinou 66.762 crianças entre 05 e 11 anos o que equivale a 20,14% do público desta faixa etária. Porém a Sesapi faz um alerta aos pais e responsáveis, 32 crianças entre 0 a 19 anos perderam a vida para a Covid-19 e a melhor foram de se evitar óbitos e agravamento da doença é a vacinação. 

O estado pretende vacinar 331.432 pessoas dessa faixa etária. “Precisamos chamar atenção dos nossos pais e responsáveis para necessidade de levar nossas crianças para tomarem a vacina contra a Covid19. Já está comprovado pela comunidade científica que os imunizantes são seguros e o principal instrumento de combate aos vírus”, reforça o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto. 

O número de mortes entre crianças e adolescentes por Covid-19 apesar de baixo, em comparação as demais faixas etárias, vem preocupando as autoridades em saúde do estado. No estado dos 353.714 casos confirmados da doença 4,63% correspondem a crianças de 0 a 09 anos e 9% da faixa etária de 10 a 19 anos. Já entre os 7.479 óbitos pela doença na faixa etária de  0 a 04 anos foram 15 mortes, de 05 a 11 anos quatro criança perderam a vida e de 12 a 19 anos foram 13 mortes por Covid-19. 

Nos primeiros dias de fevereiro 03 crianças perderam a vida para a doença. “Apesar de ser um número baixo, em comparação às demais idades, é importante considerar o impacto da Covid-19 na letalidade da faixa etária pediátrica, principalmente agora com a variante Ômicron, que tem atingindo este público. Por isso que devemos ficar atentos aos cuidados com as nossas crianças, e buscar a imunização desse público que já pode receber as vacinas.”, pontua ao secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

 A Secretaria de Estado da Saúde, através da Coordenação de Imunização já repassou aos municípios 202.400 doses de vacinas pediátricas. “Somente com nossas crianças vacinadas poderemos sair dessa pandemia, por isso conclamamos mais uma vez a nossa população tomem suas vacinas e vacinem seus filhos, pois esta é nossa maior arma para combater este vírus. Já vacinamos mais de 60 mil crianças mas precisamos imunizar ainda mais, e contamos com os nossos gestores municípios para avançar nessa campanha ”, enfatiza Florentino Neto. 

No Brasil dois imunizantes estão sendo usados para a o público infantil. A Pfizer pediátrica, que pode ser aplicada em crianças de 05 a 11 anos, inclusive naquelas imunossuprimidas, com o intervalo de 08 semanas entre a primeira e a segunda aplicação. E a CoronaVac, que deve ser aplicada em pessoas de 06 a 17 anos, não podendo ser vacinadas pessoas dessa faixa etária que são imunossuprimidas, a dose é a mesma aplicada em adultos e tem o intervalo de 28 dias entre primeira e segunda dose.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.