ad16
DestaquesTodas as Notícias

Picos: Assistente social denuncia golpe de empresa de móveis planejados

Ravena Carvalho foi vítima de um golpe da empresa

O sonho de ter uma cozinha planejada virou um pesadelo para a assistente social da cidade de Bocaina, Ravena de Carvalho Barros. Ela foi vítima de um golpe de uma empresa no ramo de móveis planejados.

Ravena entrou em contato com a redação do RIACHAONET e informou que após realizar o pagamento de entrada para a confecção dos móveis, no valor de R$ 4 mil e 200, a empresa se mudou para Parnaíba e não realizou mais o trabalho, sem dar nenhuma justificava para a cliente.

“Tudo começou com o sonho de um dia ter uma cozinha planejada em casa. Saí à procura de uma empresa que realizasse esse meu sonho, buscando isso, acabei por encontrar a Delicato Móveis Planejados. O Leonardo de Sousa Costa, consultor de vendas da mesma, veio na minha casa tirar medidas para realizar o projeto. E por aí tudo bem. No dia 14 de novembro de 2018 fiz o pagamento de percentagem que os mesmos exigiam para a confecção dos móveis, depois disso começaram a mudar de comportamento! Já não me atendiam, nem por telefone nem por WhatsApp.  Procurando a loja, sou informada sobre o fechamento da mesma em Picos e que os mesmos foram para Parnaíba-PI, no intuito de cometer o mesmo golpe!”, relatou a assistente social.

Comprovantes dos depósitos de dinheiro da entrada

Segundo Ravena, Leonardo é filho de Carlos Ivan Silva Costa, que é o proprietário da empresa.

A assistente social informou que o valor total da cozinha foi orçado em R$ 6 mil e 700 e ela deu os R$ 4 mil e 200 de entrada. “Depois de receber o valor da entrada, eles mudaram o comportamento e já fiquei desconfiada que eles não tinham nada para me entregar! O primeiro contato foi com o consultor de vendas, o Leonardo. Desde que venceu o prazo do contrato que entro em contato e ele só adia o dia de devolução do valor. Hoje, ele já não responde mais minhas mensagens e nem atende também minhas ligações”, disse.

Ravena declarou ainda que levou o caso para o juizado especial.

Tags

Leia Também