ad16
GeralTodas as Notícias

Picos deve registrar baixas temperaturas nos próximos dias

De acordo com Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as temperaturas mínimas em Corrente e Picos devem girar em torno dos 16 a 18 graus nos próximos 15 dias

Os moradores da região Sul do Piauí, especialmente os das cidades de Picos e Corrente, deverão enfrentar uma onda de frio durante as noites e madrugadas dos próximos dias. A previsão do tempo aponta que os dois municípios deverão ter temperaturas mínimas de 16 graus com a ocorrência de poucas nuvens. As noites deverão ser as mais frias do ano nestes municípios e esse fenômeno se dá em decorrência de uma combinação de fatores. As informações são do Portal O Dia.

De acordo com Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as temperaturas mínimas em Corrente e Picos devem girar em torno dos 16 a 18 graus nos próximos 15 dias com a ocorrência de ventos fracos, umidade máxima na casa dos 70% e poucas nuvens no céu. De acordo com o climatologista Werton Costa, essa queda na sensação térmica já era esperada para esta época do ano e nesse período costuma-se registrar as menores mínimas, ou seja, as temperaturas mais baixas.

Ele explica que esse fenômeno está relacionado a três fatores principais: a redução da nebulosidade, a distância destas cidades da linha do mar e a ação residual das massas de ar polares. O primeiro fator, a redução da nebulosidade, intensifica a chamada radiação de retorno.

O professor Werton Costa explica: “O céu apresenta uma reduzida cobertura de nuvens e se torna límpido. A gente passa a ter dois momentos no dia, que são a entrada máxima de luz, onde há aquecimento do ar e temperaturas mais elevadas durante o dia; e o retorno rápido dessa energia radiante absorvida para o espaço. Por si só isso já garante uma redução da temperatura noturna”, diz.

Outro fator que explica essa baixa nas temperaturas noturnas nas cidades do Sul do Piauí é a distância desses locais do litoral. Quanto mais distantes da lâmina d’água do mar, maior a amplitude térmica. “Quando mais longe da umidade natural das áreas litorâneas, maior a amplitude térmica, que é a temperatura do dia elevada e a da noite, baixa. A gente chama esse fenômeno de continentalidade, ou seja, lugares distantes do mar tendem a apresentar temperaturas noturnas e nas madrugadas mais baixas”, explica Werton Costa.

O último fator que ele menciona é o sazonal. Como o hemisfério sul está oficialmente no inverno, a região Nordeste do Brasil sofre a ação residual de algumas massas de ar polares, o que resulta na diminuição das temperaturas noturnas. “Elas ajudam a diminuir a sensação térmica, sobretudo nos municípios limítrofes com a Bahia”, finaliza Werton Costa.

Esse fenômeno da baixa de temperaturas noturnas nos municípios do Sul do Piauí deve durar pelos próximos dias mas não deve se estender, segundo prevê a meteorologia. Já para o litoral piauiense e demais municípios do Norte, a previsão é de dias mais quentes com temperaturas mínimas e máximas na casa dos 25 graus a 35 graus. Para a região litorânea há ainda um alerta de risco de chuva moderada para esta quarta-feira (29).

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.