ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

Picos: Multas de trânsito já somam mais de 6 mil

[ad#336×280]Na manhã desta quarta-feira, 29, o Departamento Municipal de Trânsito divulgou os dados quantitativos referentes ao número de multas catalogadas no trânsito de Picos. Nos últimos cinco anos foram aplicadas 23.593 multas, um percentual que vem aumentando no decorrer dos anos.

Segundo o coordenador do DMT, Danilo Guimarães, este aumento é explicado pela intensificação de fiscalizações. “De uma certa maneira elas tem aumentado numericamente, mas de um forma geral pela fiscalização e pela quantidade de sinalizações, acrescentadas do início da gestão até agora e pela quantidade de agentes, as multas tem reduzido.

Sede do DMT, em Picos - Foto: Jesika Mayara
Sede do DMT, em Picos – Foto: Jesika Mayara

Danilo Guimarães ainda avaliou o índice destacando que até o ano de 2012 quem realizava autuações era apenas a Polícia Militar de Trânsito, embora existindo a participação de agentes de trânsito contratados que nesta condição não aplicavam multas.

Confira o percentual de multas nos últimos cinco anos

2009 – 3.452 multas

2010 – 3.057 multas

2011 – 5.270 multas

2012 -5.279 multas

2013 – 6.535 multas

Até o mês de outubro do corrente ano segundo dados do DMT, o número de multas já somam quase 7 mil. Este aumento foi apontado em decorrência da sinalização que está sendo aumentada, onde já foram acrescentadas 1000 placas de trânsito, revitalização das faixas de pedestres, sinalização horizontal, além de outras medidas.

Uma medida que vem sendo discutida e que deverá ser intensificada é a realização de Blitz que tem por objetivo  fiscalizar e também conscientizar os condutores.

Trabalho em conjunto

O coordenador enfatizou ainda que além das políticas de conscientização e de fiscalização que ajudam a coibir estes atos infracionais, o trabalho em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal tem contribuído para que os condutores trafeguem da maneira correta.

“A Polícia Rodoviária Federal tem aumentado a fiscalização na BRs, e isto ajuda muito, pois a gente dentro da cidade o condutor sai errado pra BR, e o trabalho da PRF faz com que o condutor entre na cidade mais correto, usando o capacete e outros órgãos de segurança”, frisou Danilo Guimarães.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade