ad16
Geral

Picos perde três cantores em menos de seis meses

[ad#336×280]O ano de 2013 é um dos mais triste  para o meio artístico picoense. O motivo: o ‘desaparecimento’ de artistas bastante conhecidos. Desde o mês de maio três cantores vieram a óbito. A morte mais recente aconteceu na noite deste último domingo (27).

O empresário do ramo de açougue, Waldimiro Bezerra Monteiro, que no mundo artístico era conhecido como Wall Magno, faleceu após sofrer uma parada cardiorrespiratória devido a complicações provocadas por uma diabetes. O cantor morreu no Hospital Regional Justino Luz.

Outro cantor de Picos vítima fatal de uma enfermidade foi Adão Marinho, de 41 anos. Ele veio a óbito em Teresina onde aguarda um transplante de fígado. Adão Marinho morreu no último dia 07 de julho.

Cantor Wal Magno acompanhado dos jornalistas Romário Mendes, Assis Santos e Maria Mourana confraternização dos radialistas em sua chacaráFoto: Grande Picos
Cantor Wal Magno acompanhado dos jornalistas Romário Mendes, Assis Santos e Maria Mourana confraternização dos radialistas em sua chacaráFoto: Grande Picos

O primeiro artista local a ‘desaparecer’ este ano foi o seresteiro, Edimar Bringeo, de 46 anos. Ele foi covardemente executado com um tiro na nuca, quando jogava baralho com amigos, em um bar na Travessa João Paulo II, no bairro Bomba, na noite do último dia 15 de maio. O acusado atirou e fugiu com o motoqueiro que o esperava do lado de fora do estabelecimento.

Edimar Bringeo - Foto: diaadiapicos.com.br
Edimar Bringeo – Foto: diaadiapicos.com.br

Recentemente a polícia civil prendeu um suspeito de ter dado a fuga ao matador de aluguel que executou Edimar Bringeo. Tiago Osório Cavalcante, de 22 anos, foi preso em Castanhal, no Estado do Pará, no início do mês de outubro. Atualmente Tiago Osório está preso na Casa de Detenção Provisória Dom Inocêncio López Santana, em São Raimundo Nonato.

Com informações do Rodeador News

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Publicidade