ad16
AutoPECASonline24.pt
https://ead.uninta.edu.br/
CuriosidadesDestaquesEconomiaEntretenimentoTodas as Notícias

Picos se destaca no uso da energia solar

Na cidade de Picos, esse investimento vem ganhando grande espaço e já conta com empresas especializadas nesse trabalho, como a Alpha Solar.

A energia solar é o termo usado para falar sobre a energia proveniente da luz e do calor do sol. Com os avanços tecnológicos é possível ver a busca por fontes renováveis e uma das opções que mais está sendo utilizada é justamente essa, o sol. Considerado uma energia limpa, que proporciona a geração de energia sem a emissão de gases na atmosfera, como o CO2. Conta também com um impacto quase inexistente quando comparado a outros tipos de fonte, como uma usina hidroelétrica ou nuclear.

O Piauí oferece condições ideais para esse tipo de investimento, tendo em vista que o sol está presente durante todo o ano, e é justamente por isso que vem se destacando na produção de energia solar, fazendo com que um dos maiores parques da América do Sul esteja sendo construído no estado, na cidade de São Gonçalo de Gurguéia, com 475 MW.

Na cidade de Picos, esse investimento vem ganhando grande espaço e já conta com empresas especializadas nesse trabalho, como a Alpha Solar, que busca sempre trazer a qualidade nos seus serviços, além de ser uma das pioneiras nesse setor. O empresário Plínio Gadelha, que junto com o seu sócio José Ailton, donos a empresa Alpha Solar, explicou um pouco mais como funciona esse sistema e quais vantagens a energia solar traz para o dono de casa ou empresas que queiram instalar.

ENTREVISTA:

Maria Cecília: Como funciona esse sistema de energia?

Plínio Gadelha: Existe o equipamento, formado por as placas, mais o inversor, que é o que transforma a luz em energia, que cai na rede e faz funcionar os equipamentos. A placa capta os raios solares e o inversor transforma em energia elétrica. Daí vai para a rede, passando por o relógio bidirecional, que pertence a concessionária, no caso de Picos, a Equatorial, contando o que foi produzido, usado e o que sobrou, pois a energia pode ser acumulada para outros meses.

Maria Cecília: É realmente uma energia 100% limpa?

Plínio Gadelha: Sim, ela é realmente limpa, se comparada a eólica que é dita como limpa, mas ela tem a questão dos ruídos, e a solar não, é totalmente silenciosa.

Maria Cecília: Quais são as vantagens de se instalar o sistema?

Plínio Gadelha: Tirando a parte da natureza em si, o que mais chama atenção é o retorno financeiro, porque na verdade não está gastando, está investindo, pois ele auto se paga, um exemplo é alguns clientes que antes pagavam R$ 4000, hoje pagam R$ 300. Além da questão de reter o calor, que antes ia diretamente para casa e fica na placa mesmo.

Maria Cecília: Existe alguma desvantagem?

Plínio Gadelha: A desvantagem que a gente vê é só a questão do espaço, às vezes o cliente não tem espaço suficiente para o que ele consome.

Maria Cecília: Como você enxerga o crescimento desse mercado em Picos?

Plínio Gadelha: O crescimento está bem interessante, a gente tem notado o aumento de empresas nesse setor. O que está acontecendo são pessoas que não estão qualificadas com o equipamento e que acaba dando prejuízos aos clientes. As pessoas estão procurando bastante, já existe linha de crédito próprio para isso, aqui na empresa também fazemos uns tipos de financiamento.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade