ad16
DestaquesPolíciaTodas as Notícias

Picos: Tenente-coronel Edwaldo Viana é exonerado do comando do 4º BPM

Militar recebeu a informação da exoneração do comandante geral da Polícia Militar, coronel Lindomar Castilho.

O tenente-coronel Edwaldo Viana foi exonerado, na manhã desta terça-feira (7), do cargo de comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar de Picos (BPM). O militar recebeu a informação da exoneração do comandante geral da Polícia Militar, coronel Lindomar Castilho.

Edwaldo Viana estava à frente do comando da Polícia Militar de Picos desde do dia 18 de fevereiro de 2016, quando substituiu o tenente-coronel Wagner Tôrres.

Comandante do 4º BPM, tenente-coronel Edwaldo Viana -Foto: Romário Mendes

Viana comunicou a exoneração em um áudio enviado a grupos de WhatsApp e em tom de desabafo informou que foi exonerado da função por forças políticas. “Foram até o governador fazer a minha cabeça porque eu fiz um comentário falando que eu me admirava muito que bandido, quando em confronto com a polícia, tinha que “descer as cordas” causou tanta polêmica e quando morre as pessoas em hospitais e em fila de espera as pessoas não criavam tantas polêmicas. Essas minhas palavras foram levadas até ao governador. Tenho certeza que o governador não tinha essa intenção, mas ele foi induzido por pessoas políticas”, disse.  

Viana declarou ainda que deixa o cargo com o dever cumprido e não gostaria de ter saído dessa forma. “Não existe uma Picos como eu gostaria, que seria zero de assaltos, mas estou deixando Picos com o menor índice de criminalidade e deixo o cargo de cabeça erguida”, completou.

O tenente-coronel informou anda que foi lhe oferecido um grande comando na capital, mas não vai aceitar.

A troca de comando será na próxima sexta-feira (10), a partir das 9h, na sede do 4º BPM de Picos. A Polícia Militar ainda não divulgou o nome do substituto do tenente-coronel Edwaldo Viana.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.