ad16
DestaquesEconomiaTodas as Notícias

Picos vai receber 1,3 milhões com repatriação de recursos do exterior

O Piauí ficará com R$ 173 milhões dos recursos que estavam depositados ilegalmente no exterior e voltaram ao Brasil através do processo de repatriação, o Regime Especial de Regularização Cambial e Tributária (Rerct), encerrado em outubro. Os números que cabem aos estados foram divulgados pela Secretaria do Tesouro Nacional nesta terça-feira (8).

O valor de R$ 173.355.250,97 diz respeito ao Imposto de Renda arrecadado com a repatriação dos recursos. A lei que permitiu a regularização do dinheiro prevê que 21,5% do total sejá destinado ao Fundo de Participação dos Estados (FPE) e 22,5% ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

dinheiro-100-50-1900x700_c

O Governo do Piauí, que estimava receber R$ 180 milhões só com o imposto de renda, ingressou com ação para receber também o valor da multa devida. A expectativa é que os recursos dêem fôlego para o Estado arcar compromissos no fim de 2016, em especial a folha de pagamento dos servidores.

O processo de repatriação arrecadou, de abril a outubro de 2016, cerca de R$ 23 bilhões de Imposto de Renda. Os Estados e municípios têm recebido os valores periodicamente. Mas as parcelas mais altas, referentes ao que foi arrecadado entre 20 e 31 de outubro, só será depositado na quinta-feira (10). No caso do Piauí, ainda resta receber mais de R$ 165 milhões.

Comparativo
No Brasil, o Piauí é o nono em total de valores a serem recebidos. A Bahia lidera (R$ 359,5 milhões), seguida por Maranhão (R$ 286,8 milhões), Ceará (R$ 283,4 milhões), Pernambuco (R$ 256,6 milhões), Pará (R$ 249 milhões), Paraíba (R$ 187 milhões), Minas Gerais (R$ 180,9 milhões) e Alagoas (R$ 175,6 milhões).

Distrito Federal (R$ 27 milhões) e São Paulo (R$ 35 milhões) são os que vão receber menos. Os valores para os Estados somam R$ 4 bilhões – já deduzido o percentual do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Municípios
O valor total do imposto para Teresina ficou em R$ 22.320.627,45. A maior parte desse valor (R$ 19,8 milhões) será repassada para a Prefeitura na última parcela.

Além da capital, somente os municípios de Parnaíba (R$ 3.893.525,91), Picos (R$ 1.303.561,72), Piripiri (R$ 1.203.287,73), Floriano (R$ 1.103.013,76), Campo Maior (R$ 1.002.739,78) e Barras (R$ 1.002.739,78) ultrapassaram os seis digitos no repasse total a ser recebido.

O menor valor total a ser repassado para prefeituras piauienses é de R$ 300.821,94. É o que receberá, por exemplo, o município de Acauã.

Os valores completos estão disponíveis no site do Tesouro Nacional.

Cidade Verde

Um Comentário

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade