ad16
DestaquesPolícia

Pistolagem e tráfico de drogas já mataram 15 pessoas este ano em Picos

Visão panorâmica de Picos
Visão panorâmica de Picos - Foto: Maria Moura

O município de Picos é considerado o terceiro maior do estado em número populacional e junto com o crescimento econômico, a violência tem se expandido pela cidade e feito várias vítimas. De acordo com o Tenente Antônio Gilson crimes de pistolagem e acertos de contas por causa de drogas estão se tornando comuns na região.

“Quase 80% dos crimes que acontecem no município são motivados por pistolagem, crimes encomendados e a sua maioria são acerto de contas por causa das drogas”, afirmou o tenente.

De acordo com informações, 15 homicídios foram registrados em Picos com suspeitas de pistolagem, o último investigado pelos policias civis da região, é a morte do adolescente de 17 anos, Raí Antônio Leal de Araújo.

Margens do rio Guaribas em Picos
Margens do rio Guaribas em Picos

O jovem havia desaparecido de sua residência na última segunda-feira (03) e foi encontrado morto um dia depois dentro do rio Guaribas (foto ao lado). A mãe do adolescente informou que ele já havia se envolvido com drogas, mas a polícia não descarta que o crime possa ter acontecido por outra motivação.

“O pai da vítima já havia matado uma pessoa e não descartamos que os familiares deste outro rapaz tenham matado Raí”, disse o agente de polícia Cleidenilson José.

Sugestões

O município possui 72.710 mil habitantes e apenas 22 policiais civis são lotadas na região. Os números de militares é um pouco maior, mas os guardas acreditam que o número poderia ser mais significativo.

“Temos 180 militares, o número é suficiente, mas para o tipo de crime que esta acontecendo é insatisfatório. Pois crimes envolvendo drogas precisa de uma investigação mais apurada, de uma delegacia especializada”, afirmou o tenente da Polícia Militar.

Os crimes envolvendo drogas têm crescido em todo o estado, mas somente Teresina possui uma delegacia especializada para resolver crimes de tráfico de droga. De acordo com o delegado Samuel Silveira, ele próprio já havia sugerido a secretaria de Segurança a criação de Gerência de narcóticos nos municípios de Picos, Parnaíba e Corrente.

Para que fosse criada essa Gerência, seria preciso implantar na capital um departamento de narcóticos, para administrar as delegacias do interior do estado.

Com informações dos filhosdoequador.blogspot.com

 

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade