ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

PM diz que motociclista que bateu em carro da promotora fazia racha na BR

A polícia confirmou ao G1 neste sábado (16) que o motociclista morto na colisão que deixou a promotora Vera Lúcia ferida, participava de um racha com pelo menos outros oito motoqueiros. O acidente aconteceu na noite da quarta-feira (13).

De acordo com o policial militar, Giordano Gonçalves, do comando de policiamento da cidade de Regeneração, os condutores das motocicletas que participavam de um racha na BR-343 no momento do acidente, também trafegavam na rodovia no sentido contrário, ou seja, na contra-mão.

44e71831-a19b-480c-941a-f17105e38624

“Não é comum acontecer esse tipo de racha aqui em Regeneração. Isso começou recentemente. O que sabemos é que pelo menos oito motociclistas participavam dessa corrida na rodovia e que após o acidente eles teriam fugido do local”, contou.

A promotora Vera Lúcia se encontra internada em um hospital particular na capital. Conforme familiares, ela passou por cirurgia por conta de um edema na cabeça. A irmã da promotora falou ao G1 que ela acordou após o procedimento, conversou com a família e respira sem a ajuda de aparelhos.

A polícia investiga o caso e realiza dligências para tentar identificar os outros motociclistas que participavam do racha na rodovia.

Entenda o caso
O acidente aconteceu na BR-343, na cidade de Regeneração. A promotora transitava na BR-343 quando colidiu em um motociclista. Por conta do impacto, o condutor da moto não resistiu aos ferimentos e faleceu no local.

Com ferimentos na cabeça, Vera Lúcia foi socorrida ainda no hospital de Regeneração e depois transferida a um hospital particular, onde passou por cirurgia. Seu estado de saúde é estável.

G1 Piauí

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Publicidade