ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesGeralTodas as Notícias

PM recusa proposta do Governo e deve iniciar Operação Tartaruga

Os policiais militares do Piauí decidiram dar inicio esta semana à Operação Tartaruga após participarem de uma reunião com os gestores da segurança do Estado neste sábado (16) e não chegarem a um acordo referente ao pagamento da última parcela do reajuste proposto à categoria em 2011.

O encontro aconteceu na sede do Quartel do Comando Geral da PM e reuniu o secretário de Segurança, capitão Fábio Abreu, o secretário de Administração, Franzé Silva, o comandante geral da PM, coronel Carlos Augusto, e representantes da Associação Beneficente de Cabos e Soldados do Piauí (ABECS).

Pms não aceitam proposta do Governo
Pms não aceitam proposta do Governo

A categoria recusou a proposta do Governo de dividir em duas vezes a última parcela do pagamento referente ao reajuste de 2011. Na proposta, os primeiros 50% da parcela, que é de R$ 600,00, seriam pagos neste mês de maio e os 50% restantes apenas em janeiro do ano que vem. O Governo dividiu o valor total do reajuste (R$ 3.000,00) em cinco parcelas de R$ 600,00.

“Isso é um desacato com nós PM’s. É um direito nosso, um reajuste previsto em Lei e, o pior, que se arrasta há quatro anos. E ainda querem atrasar ainda mais uma coisa que era pra ter sido feita de uma única vez”, diz o assessor da ABECS, Roberto Marques.

OS PM’s dizem que o ideal seria o pagamento integral da última parcela, mas caso isso não possa ser feito, eles pedem o adiantamento da segunda parte que está prevista para fevereiro de 2016. A categoria deu 13 dias para que o Governo assuma um posicionamento e coloque uma nova proposta à mesa. Até lá, os Batalhões de Polícia de Teresina, devem de organizar individualmente para reduzir o efetivo nas ruas, conforme explica a ABECS.

“O que nós queremos é chamar a atenção das autoridades e mostrar a falta que uma segurança de qualidade faz para a população. Então cada Batalhão deverá estudar como irá reduzir o efetivo nas ruas e como vai diminuir a rotatividade das viaturas, porque é isso que a Operação Tartaruga propõe: mais homens nos quartéis e menos nas ruas para mostrar que o nosso trabalho tem que ser valorizado”, finaliza Roberto Marques.

Sobre o assunto, o secretário de Segurança, Fábio Abreu, disse que a Secretaria ainda não foi oficialmente informada da Operação Tartaruga e que não pode se posicionar enquanto não tiver mais clareza quanto ao movimento. Com relação à proposta feita aos PM’s, o gestor explica que “o Governo está fazendo o que pode ser feito dentro de suas limitações financeiras”. Fábio Abreu informou ainda que a segunda parcela da última parcela do reajuste poderá ser adiantada de fevereiro do ano que vem para outubro deste ano.

Na proposta feita pelo Governo consta ainda a criação de uma comissão por parte das Associações e do Governo para apresentar proposta de reajuste salarial dos próximos quatro anos até janeiro de 2016. O Governo se comprometeu ainda a pagar toda a diferença dos meses de junho de 2015 a janeiro de 2016 nos meses de janeiro e fevereiro de 2016.

Edição: Nayara Felizardo

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade