ad16
AcauãDestaquesPolíciaTodas as Notícias

Polícia busca por mulher desaparecida há uma semana na região de Picos

Segundo a polícia, filho de Amaralina Ramos Coelho confessou ter matado e enterrado a mãe. Corpo não foi localizado.

A polícia continua a busca por Amaralina Ramos Coelho, desaparecida há uma semana no município de Acauã, Sul do Piauí. O delegado Cícero de Oliveira revelou ao G1 ter solicitado a prisão do filho dela, que confessou ter matado e enterrado a mãe.

Os dois moravam juntos no povoado Bom Nome, zona rural da cidade. Segundo o delegado, Amaralina foi vista pela última vez no dia 6 de maio, subindo na garupa da moto do filho. Contudo, somente três dias depois os familiares procuraram a delegacia para registrar o seu desaparecimento.

Amaralina Ramos Coelho desapareceu há uma semana em Acuã — Foto: Divulgação/PM
Amaralina Ramos Coelho desapareceu há uma semana em Acuã — Foto: Divulgação/PM

“Os policiais foram até a casa dela e ao conversar com o filho, aparentemente com problemas mentais, ele confessou que ter matado e enterrado a mãe no matagal próximo a casa. Fizemos buscas na região onde possivelmente ocorreu o delito, mas não localizamos o corpo e nem ele indica onde teria enterrado a mãe”, contou Cícero do Oliveira.

Diante da confissão do suspeito, o delegado solicitou a prisão temporária do filho de Amaralina. Porém, como a comarca encontra-se sem promotor de justiça, até o momento não houve decisão judicial a respeito da cautelar.
“Por não haver mais situação flagrancial, o suspeito foi interrogado e liberado. Em depoimento, ele disse que discutiu com a mãe e por isso desferiu uma paulada na cabeça dela, porém não revela o motivo da discussão”, contou o delegado.

Segundo familiares de Amaralina, o suspeito discutia muito com a mãe e, em meio a essas discussões, às vezes, ele a agredia verbalmente. Nenhuma das possíveis agressões foi registrada na delegacia.
Desde o desaparecido de Amaralina Ramos foi noticiado, moradores de Acuã procuram o local onde foi enterrado o corpo da vítima, mas até o momento sem êxito.

G1 Piauí

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Publicidade