DestaquesGeralTodas as Notícias

Polícia Civil faz paralisação em Picos nesta quarta-feira (7)

Delegados, agentes, escrivães e peritos da Polícia Civil do Piauí vão cruzar os braços, nesta quarta-feira (7). A paralisação será em protesto contra a proposta de Reforma da Previdência. O movimento promete não realizar operações, flagrantes e boletins de ocorrência.

A concentração do movimento, que reúne três sindicatos de servidores da Polícia Civil, será em frente às centrais de flagrantes de Teresina, Parnaíba e Picos. A ideia é que apenas casos de maior gravidade sejam atentidos durante o protesto. 

Prédio recém inaugurado da Central de Flagrantes - Foto: Romário Mendes
Prédio recém inaugurado da Central de Flagrantes – Foto: Romário Mendes

A mobilização é nacional e envolve integrantes da Polícia Civil em outros estados do Brasil. O ato é apoiado pela Associação dos Delegados de Polícia Civil do Brasil (Adepol), que convocou, também para quarta-feira, uma assembleia para discutir os rumos do movimento.

A Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol) divulgou nota afirmando que os sindicatos a ela filiados são livres para participar da manifestação, mas que o ato não foi convocado por ela. 

A Reforma proposta pelo Governo Temer foi enviada ontem (5) ao Congresso Nacional e detalhada nesta terçafeira (6), em entrevista coletiva. O projeto prevê o aumento da idade mínima de aposentadoria de 60 para 65 anos e o tempo mínimo de contribuição de 15 para 25 anos, entre outras medidas. 

Cidade Verde

LER MATÉRIA COMPLETA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também