ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesGeralMunicípiosPolíciaSimões

Polícia encontra desmanche de motos em Simões. Veja fotos!

Imagem: SimoesNaNet

A Polícia Militar de Simões havia recebido a denúncia de que um homem identificado por Faustino Antônio de Araújo, 47 anos, estava ameaçando sua esposa e sua filha, uma adolescente de 14 anos de idade. Mas ao chegar à residência, situada na localidade Retiro Grande, zona rural do município, policiais localizaram um verdadeiro desmanche de motos. O acusado já havia fugido.

A Senhora Valentina, esposa de Faustino, informou que as motos eram desmanchadas, tinham as peças vendidas e os chassis enterrados. Questionada pela PM, ela não soube informar a origem das motos, dizendo apenas que estas eram trazidas de uma ‘serra’.

A esposa confirmou as ameaças e relatou um caso ainda mais grave. Faustino violentava sexualmente há cerca de um ano a filha menor, de 14 anos, e fazia ameaças para que as mesmas ficassem caladas.

Confirmada a prática de diversos crimes, a Polícia Militar realizou diligencias na região com o intuitode localizar Faustino, mas não obteve sucesso. Peças foram desenterradas e levadas para a Companhia de Policia Militar de Simões. O caso envolvendo a menor foi levado ao Conselho Tutelar e ao MinistérioPúblico.

Peça com numeração raspada – Foto: SimoesNaNet

No ano de 2011, Faustino já havia sido denunciado ao Conselho Tutelar de Simões, por manter sua filha presa dentro de casa, deixando apenas a adolescente ir à escola. Com isso o Conselho Tutelar foi ate a residência de Faustino e Dona Valentina. Na época, foi constatado o comportamento estranho da adolescente.

O Conselho Tutelar ainda recebeu denúncias de que Faustino estava impedido da menor de ir a escola. Em uma segunda diligência, o CT constatou que Faustino havia escondido as roupas, o material escolar e os calçados da menor. Ainda segundo relatório do CT, o quarto onde a menor dormia e passava parte do dia, tinha situações desumanas.  “Pior que uma cela”, narram os conselheiros no relatório. Os fatos foram encaminhado ao Ministério Público.

Foto: SimoesNaNet

Fonte: Simões na Net

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade