ad16
Polícia

Polícia inicia investigações do caso Rafaela

Rafaela: morte trágica aos 22 anos

Uma equipe do 1º Distrito Policial de Floriano, esteve na manhã desta terça-feira (10) registrando imagens no local do acidente que vitimou a Rafaela da Silva, de 22 anos. A jovem, que era promotora de vendas, faleceu após a estrutura de um muro desabar sobre o seu corpo na tarde de ontem (09).

Os delegados Maycon Braga e Heraldo Freitas, da Polícia Civil, estiveram no local e iniciaram a apuração dos fatos sobre o acidente. Após fazerem imagens do lugar, solicitaram o apoio de uma equipe do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Piauí (Crea-PI).

“Encaminhamos um ofício ao Crea. Estamos dependendo deles. Solicitamos uma equipe e estamos aguardando uma resposta o quanto antes”, revela o delegado Maycon Braga. O apoio do conselho foi solicitado a fim de ajudar com a análise da estrutura que desabou e tentar entender o porquê de ter ocorrido a tragédia.

Imagem: Pinoticias

A diretoria do Crea-PI confirmou o recebimento do ofício, assegurando ainda o envio de uma equipe. Dois profissionais de Teresina irão para Floriano e devem se unir a outros dois técnicos. Essa equipe fará vistorias no local ainda na manhã de quarta-feira (11).

No retorno dos fiscais para a capital, o presidente do conselho, o engenheiro Paulo Roberto Ferreira, acompanhado de uma comissão irá analisar os documentos da vistoria e assinará o laudo técnico.

O corpo de Rafaela foi enterrado no cemitério do Bairro Alto da Cruz em Floriano.

Com informações do Cidade Verde

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade