ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesPolíciaTodas as Notícias

Polícia Militar e Civil de Picos deflagram Operação Monte Carmelo

A Polícia Civil juntamente com o  policiamento reservado da PM de Picos realizaram na madrugada desta sexta-feira, 09, a Operação Monte Carmelo. Na operação cinco pessoas foram presas. Uma caminhonete S10, cor preta, de placa NIH – 4626 também foi apreendida. O delegado que coordenou a operação policial é Eduardo Aquino Araújo, responsável pelo 3º Distrito Policial.

Movimentação de policiais na Delegacia Regional - Foto: Romário Mendes
Movimentação de policiais na Delegacia Regional – Foto: Romário Mendes

A Operação Monte Carmelo é resultado de quase dois meses de investigação por parte das equipes de policiais civis da Delegacia Regional de Polícia Civil de Picos. A mesma tem por objetivo comprovar denúncias, individualizar condutas e autores (as) envolvidos (as) no homicídio de Carlos da Silva Rocha, 27 anos, irmão do “Coelho” encontrado morto próximo ao motel Fama. Carlos residia no bairro São José.

Raimundinho do Frango-Foto: RiachaoNet
Raimundinho do Frango-Foto: RiachaoNet

De acordo com o delegado regional, Antônio Madson, testemunhas informaram que um amigo do Carlos, o Olavo Lauso de Lima, foi que levou a vítima para o local do crime. “A ex-mulher do Carlos reconheceu o Olavo pelo vídeo que mostramos pra ela”, disse.

Antonio Marcos-Foto: RiachaoNet
Antonio Marcos-Foto: RiachaoNet

Madson informou ainda que o homicídio aconteceu pelo motivo do Carlos está devendo mais de R$ 30 mil através do tráfico de drogas aqui na cidade.

Coletiva com os delegados-Foto: RiachaoNet
Coletiva com os delegados-Foto: RiachaoNet

Foram presos temporariamente por envolvimento no homicídio; Raimundo José da Silva, o Raimundinho do Frango; Antônio Marcos Gomes Alves; Olavo Lauso de Lima e Francisco Sales de Sousa. O mandado de busca e prisão foi expedido pela juíza da 4ª Vara Criminal, Nilcimar Rodrigues de Araújo.

Na imagem ao fundo parte dos acusados que foram presos durante a Operação
Na imagem ao fundo parte dos acusados que foram presos durante a Operação

Defesa

Segundo o advogado do Antônio Marcos, o Maycon Luz, disse que ainda não teve acesso ao mandado de prisão temporária contra o seu cliente. “O meu cliente será ouvido sobre o mandado de prisão temporária e todos os presos ficarão em Picos”, disse.

Na operação foi preso também José Edson Costa Lima, conhecido como Zé Bêdeu, no bairro Morada do Sol por tráfico de drogas. Segundo o delegado, na casa do suspeito foi encontrado um revólver calibre 38, com três munições intactas, drogas, dois cachimbos para consumir a droga e uma quantia de R$ 700.

Zé Bêdeu-Foto: RiachaoNet
Zé Bêdeu-Foto: RiachaoNet

Defesa

O advogado do suspeito, Tiago Saunders Martins informou que o seu cliente é apenas usuário de drogas. “Estamos solicitando que seja vista as características do cidadão para que seja colocado como usuário que é o que ele é realmente”, informou.

Tiago informou ainda que não tem um mandado de busca temporária contra Zé Bêdeu.

Os delegados que comandaram a operação Antônio Madson e Eduardo Aquino Araújo apreenderam pedras de crack e maconha, dinheiro, dois revólveres calibre 38, uma pistola PT 101 com 14 munições, um notebook, um modem, um cartão de memória, cinco carros de luxo; dois cachimbos para consumo de drogas, um estilete, três pendrives, três câmeras digitais, munições, dez celulares e a quantia em espécie de R$ 3 mil, incluindo uma grande quantidade de moedas e três tatus.

Drogas, armas e objetos apreendidos na operação-Foto: RiachaoNet
Drogas, armas e objetos apreendidos na operação-Foto: RiachaoNet
Tatus também foram apreendidos na operação-Foto: RiachaNet
Tatus também foram apreendidos na operação-Foto: RiachaNet

 

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade