ad16
DestaquesPolíciaTodas as Notícias

Polícia prende ex-PMs e apreende cargas de R$ 1 milhão

Na manhã desta segunda-feira (18), a equipe do Agora da Rede Meio Norte acompanhou o andamento de uma Operação integrada do 1ºDP e 21º DP, após o roubo de uma carga que aconteceu na última quinta-feira na cidade de Altos, onde cerca de 12 toneladas de café foram roubadas. Três pessoas, sendo dois ex-PMs e um empresário, foram presas. A carga de café está avaliada em R$ 300 mil e a de cigarros em cerca de R$ 500 mil.

Durante as investigações, a Polícia Civil descobriu que parte dessa carga estava escondida em um sitio localizado na estrada principal da Usina Santana, região do Todos os Santos, zona Sudeste de Teresina.

Ao chegar ao sítio, a polícia não encontrou apenas café, mas também cigarro contrabandeado e nas caixas havia etiqueta com o nome da Bolívia. No local foram presos dois ex-PMs identificados como Luiz Bruno de Meneses e Igor Gabriel, acusado de um homicídio ocorrido no ano passado em um posto de combustível contra o filho de um oficial de justiça.

Após vistoria no veículo do empresário, uma caminhonete Hilux, a polícia encontrou uma quantidade assustadora de cheques que, somados, dão mais de R$ 1 milhão. Além disso, cinco mil reais em dinheiro e aparelhos celulares foram apreendidos.

O delegado J.J, da Delegacia de Combate a Crimes Tributários e Relações de Consumo – Decotec , informou que os presos serão autuados por mais de três crimes.

“Primeiro quero dizer que vão ser autuados pela Decotec. É um crime contra ordem tributária, econômica e consumo. No caso dos presos, apresentados pelo delegado Lucy keiko, serão autuados por associação criminosa, contrabando e provavelmente receptação”, infirmou.

Segundo o delegado, pode haver mais pessoas envolvidas. “Vai depender do depoimento deles. Pode haver ramificações dos receptadores, porque todo caso de receptação tem um crime antecedente e nesse caso, qual o crime antecedente? É o furto, o roubo. Então, houve o furto de uma carga de cigarro, que já era crime por ser contrabando, e automaticamente ao vender cigarros para terceiros, ocorre receptação. De acordo com o desenrolar das investigações, podem haver prisões de outras pessoas”, acrescentou.

Em uma outra Operação em uma casa no bairro Mocambinho, onde havia pessoas ligadas a esse grupo, a polícia apreendeu mais quantidade de café e uma maior quantidade de cigarros contrabandeados.

Ex-policial Igor Gabriel (Crédito: Reprodução)
Ex-policial Igor Gabriel (Crédito: Reprodução)

O delegado Lucy Keiko, que coordenou as ações, faz um balanço da operação e da prisão do foragido por homicídio. “No momento em que a polícia chegou ao local, já que a carga de café estava rastreada, se depararam com o Igor Gabriel que responde por homicídio qualificado no Tribunal do Júri. Ele estava foragido há bastante tempo e hoje, nessa ação para recuperar a carga, conseguimos prender ele”, afirmou.

A carreta roubada não foi encontrada. O motorista, não identificado, está foragido.

Meio Norte

LER MATÉRIA COMPLETA

Leia Também