ad16
AutoPECASonline24.pt
https://ead.uninta.edu.br/
DestaquesPolíciaTodas as Notícias

Policiais Civis paralisam atividades e investigações estão suspensas no Piauí

[ad#336×280]Policiais Civis do estado do Piauí iniciaram paralisação de setenta e duas horas desde a 0h0 desta segunda-feira (24). A categoria protesta contra a falta de reajuste salarial e o descumprimento de acordo por parte do governo.

Segundo o presidente do Sindicato dos Policiais Civis, Constantino Júnior, o estopim para a paralisação foi o não cumprimento da quarta parcela do reajuste salarial previsto pela Lei 6.452/2013, negociada no ano passado após um movimento de reinvindicação dos policiais.

De acordo com o presidente, o não cumprimento surpreendeu a categoria. “O governo do estado, alegando queda no fundo de participação, deixou de cumprir esse reajuste. Discordamos da forma como o governo tratou as categorias em não dialogar”, disse Constantino. Como parte do protesto, os policiais farão uma concentração em frente ao Palácio de Karnak nesta manhã. A manifestação está prevista para começar a partir das 9h.

Operação SEGOR
Delegacia Regional de Picos.

Com o movimento vários setores da polícia ficarão comprometidos. De acordo com o presidente da categoria, somente ocorrências graves serão atendidas. “Apenas casos de estupro, homicídios, crimes hediondos, além das leis que abrangem o idoso e a criança e o adolescente”, informou. Durante o período da paralisação, investigações e boletins de ocorrência estarão totalmente suspensos.

No entanto, Constantino diz que os policiais irão para as delegacias normalmente em seus plantões, mas só devem atuar dentro do limite aprovado em assembleia realizada pela categoria. O secretário de administração do Piauí, João Henrique Sousa, disse que está aberto ao diálogo com os servidores, mas que só vai se pronunciar quando tiver a dimensão da paralisação.

G1

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade