ad16
GeralTodas as Notícias

Preço do gás de cozinha deve subir no mês de setembro

O botijão de gás, produto indispensável na cozinha, custa hoje, em média, R$ 50 e passará a custar cerca de R$ 52 de acordo com a estimativa do Banco Central, que elevou a projeção de reajuste de 1,9% para 3%. Isto porque, a taxa básica de juros – a Selic, foi elevada pelo Comitê de Política Monetária (Copom) para 13,75% ao ano.

Este é o sexto aumento da taxa Selic este ano e representa uma tentativa do BC de conter a inflação, que está acima da meta, em 7,9%. A meta de inflação tem como centro 4,5% e margem de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. Ou seja, o limite superior é 6,5%.

Botijão de gás terá aumento de preço
Botijão de gás terá aumento de preço

De acordo Carlos Wellington Nunes, presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás Liquefeito de Petróleo do Estado Piauí (Sindirgás), a taxa que é repassada das distribuidoras para as revendedoras ainda não foi definida. Este percentual só será divulgado no mês que vem e, a partir disto, o preço do gás de cozinha será elevado.

Para Carlos Wellington, apesar do botijão de gás ser indispensável na vida das pessoas, há uma queda nas vendas a partir destes aumentos. “As pessoas passam a controlar mais o uso, economizando para que o gás dure mais tempo; assim, deixando de comprar com mais frequência”, explica.

Ainda em março deste ano, houve um reajuste de 11% nas distribuidoras do Piauí. O botijão de 13kg, que custava entre R$ 45 a R$ 48, passou a custar R$ 50. Vale ressaltar ainda que o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) publicou, no Diário Oficial da União, uma nova tabela com os preços de combustíveis a serem usados como referência no Distrito Federal e em mais 15 Estados, dentre os quais o Piauí.

Os reajustes atingiram a gasolina, o álcool etílico hidratado, o diesel, o gás natural, o querosene de aviação e também o gás liquefeito de petróleo (GLP), popularmente conhecido como gás de cozinha. A projeção para o aumento do preço da gasolina passou de 9,8% para 9,1%, este ano. A estimativa de queda no preço das tarifas de telefonia fixa passou de 4,1% para 4,4%.

Tags
LER MATÉRIA COMPLETA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também