ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesGeral

Prefeito e empregada mataram primeira-dama confirma inquérito

A Polícia Civil concluiu nesta quinta-feira (19) o inquérito sobre a morte de Gercineide de Sousa Monteiro Rabelo, de 35 anos, primeira- dama do município de Lagoa do Sítio encontrada morta no dia 10 de fevereiro.

O delegado geral Riedel Batista declarou que foi confirmado no inquérito que o prefeito de Lagoa do Sítio matou a esposa com um tiro na cabeça e contou ainda com a participação da empregada identificada como Noêmia Maria da Silva Barros, de 43 anos que teria um caso amoroso com o gestor.

Prefeito Zé Simao e primeira-dama - Foto: Portal AZ
Prefeito Zé Simao e primeira-dama – Foto: Portal AZ

“O inquérito confirmou as suspeitas sobre o prefeito Zé Simão e Noêmia Maria. Os dois foram apontados pelo inquérito como os responsáveis pelo homicídio da primeira- dama do município de Lagoa do Sítio”, declara o delegado geral.

O inquérito será encaminhado ainda nesta quinta-feira (19) a justiça.

Relembre o caso

A primeira-dama de Lagoa do Sitio, Gercineide Monteiro foi encontrada morta em sua casa na manhã da terça-feira (10). As  informações iniciais sobre a causa da morte da primeira-dama foi que teria sido um infarto fulminante.

Após a realização da perícia foi confirmada que se tratava de um homicídio. O prefeito Zé Simão (PT) e a empregada Noêmia Maria da Silva Barros foram apontados com suspeitos de terem cometido o crime.

Com a prisão preventiva, a empregada doméstica confessou participação no crime e disse que o prefeito teria matado a primeira-dama com um tiro de revolver calibre 38. Os dois continuam detidos e a motivação do crime seria passional, que o prefeito e a empregada teriam um caso amoroso.

Por: portalaz.com.br

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade