ad16
Geral

Prefeitos do Vale do Guaribas discutem Plano da Gestão de Resíduos Sólidos

A reunião contou com a presença de prefeito da região do Vale do Guaribas-Foto: João Paulo Leal
A reunião contou com a presença de prefeito da região do Vale do Guaribas-Foto: João Paulo Leal

Foi realizada na tarde desta quarta-feira (12) no Plenário da Câmara Municipal de Picos uma reunião com os prefeitos do Território de Desenvolvimento do Vale do Guaribas para promover a conclusão do processo de elaboração do Plano da Gestão de Resíduos Sólidos.

O projeto é um convênio do Governo do Estado, através da Secretaria das Cidades com o Ministério do Meio Ambiente. Através do convênio foi elaborada uma proposta de regionalização da Gestão de Resíduos Sólidos.

O secretário estadual das Cidades Merlong Solano, informa que a proposta é composta pela formação de consórcio, com a implantação de coleta seletiva em todas as cidades e com integração dos catadores. “O incentivo a reutilização e a reciclagem como mecanismos para reduzir a quantidade de resíduos para ser levados aos aterros, aumentando assim a vida útil dos aterros”, frisou.

Na oportunidade, a secretaria veio entregar também um dos produtos previstos nesse convênio, que é um sistema de informática para as prefeituras utilizarem e gerenciar as informações sobre os resíduos sólidos.

Sec. estadual das Cidades Merlong Solano-Foto: João Paulo Leal
Sec. estadual das Cidades Merlong Solano-Foto: João Paulo Leal

Aterro Sanitário

Em virtude da Lei Nacional do Plano de Gestão de Resíduos Sólidos que prevê até agosto de 2014 o fim dos lixões a céu aberto e que sejam construídos Aterros Sanitários em todos os municípios do Brasil, além de uma usina de tratamentos dos resíduos, o assunto vem sendo a principal preocupação dos prefeitos ultimamente.

O prefeito de Picos, Kleber Eulálio, frisa que o destino dos resíduos sólidos é um tema atual e os prefeitos terão que ter conhecimento do assunto. Porém, o gestor questiona que não há financiamento para investir no projeto. “É uma medida muita acertada, agora quem vai financiar? Como será construído isso?”, questiona o prefeito.

O gestor afirma também que a Prefeitura de Picos não recebeu nenhum recurso para o projeto. “Aqui até o momento não recebemos nenhum centavo e não conheço um município que tenha chegado recurso, estou com uma equipe analisando se ele está atualizado e depois iremos ver no Ministério das Cidades esse assunto, porque até 2014 todas as cidades terão que aderir, mas para isso terá que ter recurso”, enfatiza.

Sobre o Aterro Sanitário da cidade, Kleber informou que por todo este mês irá dá início ao Aterro Sanitário por completo, com a vala, manta impermeável e com local para drenar o chorume. Uma empresa já está contratada para fazer o procedimento.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade