ad16
AutoPECASonline24.pt
https://ead.uninta.edu.br/
GeralTodas as Notícias

Prefeitura de Picos empossa servidores do Programa Criança Feliz

Ao todo são 16 vagas, sendo duas para supervisor e quatorze para visitador.

A Prefeitura Municipal de Picos, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (SEMTAS), deu posse nesta sexta-feira (14) a 16 servidores do Programa Criança Feliz. Ao todo são 16 vagas, sendo duas para supervisor e quatorze para visitador.

A empossada no cargo de supervisora do programa, Alana Mara, fala de sua expectativa positiva na continuidade do trabalho. 

“Esse programa já vem sendo desenvolvido há dois anos e atualmente já atendemos 200 famílias no município e ano passados fomos contemplados em dobrar essa meta para 400 famílias, então nossa expectativa é que a gente possa realmente bater essa meta”, enfatiza.

Alana Mara

Segundo a Coordenadora dos CRAS’s, Maristela Gomes Lima, o programa já existe no município e assiste crianças de zero a seis anos, tratando de educação, lazer e saúde.

“Estamos otimistas que esse ano seja bem melhor que 2019 e desejamos que as novas empossadas sejam bem vindas e que venham agregar valores nessa gestão, já temos um cronograma definido que, inclusive, foi preparado pelas supervisoras”, comenta.

O Prefeito Municipal de Picos, Pe. Walmir Lima, diz que os gestores devem promover a oportunidade de trabalho indistintamente com a realização de concursos ou na contratação provisória no uso do teste seletivo, como fez o município.

“Empossamos essas 16 novas servidoras que vão trabalhar com o Programa Criança Feliz e com certeza só virão fortalecer nosso trabalho de atendimento ao povo picoense, sobretudo nessa área da assistência social”, destaca.

O Programa Criança Feliz tem por objetivo apoiar e acompanhar o desenvolvimento na primeira infância (crianças de 0 a 6 anos de idade), além de facilitar o acesso de gestantes, crianças  e suas famílias às políticas e serviços públicos essenciais. 

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade