ad16
DestaquesTodas as Notícias

Prefeitura de Picos lança IPTU exercício 2022 com desconto de até 10% dentro do prazo

A Prefeitura Municipal de Picos, por intermédio da Secretaria Municipal de Finanças, lançou hoje, 12 de abril de 2022, as parcelas dos pagamentos do Imposto Predial e Territorial Urbano IPTU, exercício 2022. O prazo máximo para a quitação do referido imposto é estabelecido até o dia 31 de agosto do corrente ano.

O IPTU é um imposto que incide sobre propriedade imobiliária, ou seja, recai em imóveis de qualquer natureza, seja residencial, predial, comercial, industrial e terreno. Os usuários que quitarem seu IPTU dentro do prazo estabelecido, até o dia  31 de agosto deste ano,  terão 10% de desconto na parcela única.

“Estamos com uma equipe que vai de casa em casa entregar o boleto e os Correios irão fazer a complementação da entrega. O IPTU é lançado em cotas, a primeira vencendo no dia 30 de junho, a segunda dia 31 de julho e última dia 31 de agosto. Se o contribuinte pagar a primeira cota até o dia 30 de junho, de forma integral, estamos concedendo um desconto de 10% em cima dessa cota integral”, explica o Secretário de Municipal de Finanças, Caio Felipe.

Atualização cadastral

Caso o contribuinte tenha alguma pendência cadastral referente ao IPTU, se faz necessário que o mesmo se dirija à Secretaria Municipal de Finanças para sua devida regularização. A emissão dos boletos pode ser realizada de forma on line, isto é, através da página da Prefeitura Municipal de Picos, no endereço eletrônico www2.picos.pi.gov.br.

Já para o pagamento dos boletos, o contribuinte pode fazê-lo na Caixa Econômica e Banco do Brasil, assim como seus respectivos correspondentes bancários. Lembrando que o prazo máximo é até o dia 31 de agosto.

Benefícios sociais

Segundo expressa Constituição Federal, parte do valor arrecadado do IPTU é destinado para obras de infraestrutura e pavimentação. Logo, gera empregos e melhoria para a cidade e a sua locomoção, além de benefícios que melhoram diretamente a Educação, entre outros.

Nesse sentido, o Secretário de Finanças, Caio Felipe, esclarece que os dividendos oriundos do IPTU auxiliam na composição de recursos que serão aplicados no município, visando  garantir melhorias sociais e estruturais para a sociedade como um todo.

“Em termos gerais, o IPTU é como se fosse um salário para a Prefeitura. É com esse salário, digamos assim, que podemos fazer algumas atividades, como por exemplo, o repasse na Educação, é utilizado do IPTU para complementar esse valor. Ou para melhoria da Saúde, por exemplo, a ampliação de uma UBS. Mesmo como emendas, mesmo com recursos próprios, existe a contrapartida do Município, e essa contrapartida vem de nossas receitas próprias, inclusive o IPTU é umas delas”, pontua o gestor.

Fonte: CCOM- PMP

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.