ad16
DestaquesIpiranga do PiauíMunicípiosTodas as Notícias

Prefeitura e Câmara de Ipiranga promovem Audiência Pública sobre atuação da PRF no município

Para tratar diretamente sobre o assunto, as autoridades municipais convidaram representantes da PRF, ocasião em que foram respondidas perguntas dos que estavam presentes no encontro e dos internautas que acompanhavam pelas redes sociais.

Com o objetivo de esclarecer para população sobre a atuação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no trecho da BR 316, localizado na zona urbana de Ipiranga do Piauí, a Prefeitura Municipal representada pelo prefeito Elvis Ramos, e a Câmara de Vereadores, representada pelos parlamentares municipais, promoveram na tarde desta quarta-feira, 10 de novembro, uma Audiência Pública.

Para tratar diretamente sobre o assunto, as autoridades municipais convidaram representantes da PRF, ocasião em que foram respondidas perguntas dos que estavam presentes no encontro e dos internautas que acompanhavam pelas redes sociais.

Audiência reuniu autoridades e inspetores da PRF
Foto: Folha Atual

De acordo com os reclames da população, a PRF está atuando de forma intensa no município, gerando diversas multas e apreensão de veículos, em especial de motocicletas.

Durante os esclarecimentos, os inspetores Jorge Madeira, que representou no ato o Chefe da 4ª Delegacia da PRF em Picos, e Emanoel Abreu, Chefe da Unidade Operacional do posto da cidade de Valença, deixaram bem claro que a atuação da PRF está sendo cumprida dentro da Lei, e que jamais podem deixar de se fazer cumpri-la.

“Considero um momento muito importante, onde a PRF presta esclarecimentos quanto a nossa fiscalização, o objetivo e o que pretendemos para efeito futuros quanto a segurança diária, quanto a preservação das vidas e redução dos acidentes de trânsito. Por ser uma cidade cortada por uma BR, é necessária a fiscalização da PRF presente, garantindo assim, a segurança de todos. Relatei aqui que não podemos relevar nenhum caso, uma vez que não existe na lei estas colocações, temos apenas que fazer cumpri-la”, disse Jorge Madeira, que é o Chefe do Núcleo de Policiamento da PRF de Picos.

Inspetor Jorge Madeira-

O inspetor lembrou ainda que foi orientado pela PRF durante a audiência no sentido de minimizar estas possíveis abordagens. “Sugerimos junto aos representantes políticos daqui de Ipiranga que eles conclamem a população para evitar trafegar pela rodovia sem os equipamentos de segurança, no caso da motocicleta, retrovisor, capacete, evitar o excesso de lotação, utilizar a placa, e se não tiver habilitação evite trafegar na rodovia. Se precisar atravessar a BR que seja empurrando a motocicleta, deixando de ser neste momento motociclista e passando a ser pedestre”, alertou.

Em entrevista o prefeito Elvis Ramos falou sobre a realização do encontro. “A necessidade desta Audiência Pública surgiu da indagação da população de Ipiranga acerca da ação da PRF em nosso município, com isso nos unimos, Prefeitura e Câmara de Vereadores, e fomos até a sede da PRF em Picos para solicitarmos este debate. Foi um momento importante, onde quem esteve presente ou esteve acompanhando pelas redes sociais pôde tirar suas dúvidas e fazer perguntas. Acreditamos que estamos cumprindo nossa missão de procurar trazer para população esclarecimentos necessários sobre estes assuntos que são frequentemente abordados.  De acordo com o que os inspetores nos informaram, temos que procurar cumprir as leis para que possamos evitar transtornos”, destacou o prefeito.

Prefeito Elvis Ramos

Elvis Ramos aproveitou para agradecer os inspetores que vieram ao município participar da audiência e para pedir que a população procure andar de maneira correta, respeitando as leis de trânsito, pois assim fazendo, não haverá com que se preocupar.

O gestor lamentou que algumas pessoas buscam politizar o assunto, querendo colocar culpas no prefeito e nos vereadores, quanto a atuação da PRF no município. “A PRF é responsável de se fazer cumprir as leis de trânsito no Brasil, ela trabalha de acordo com a Lei Federal, então nós não podemos e nem temos este poder de interferir na atuação deles, pois estão cumprindo um papel constitucional. Muitas vezes querem colocar a culpa no prefeito, nos vereadores e está audiência veio para esclarecer os fatos e mostrar que nós estamos aqui é do lado do povo, preocupados com a situação, jamais querendo prejudicar a vida de ninguém. Na sua missão constitucional, a PRF tem liberdade de fiscalizar na sua jurisdição, como nossa cidade faz parte desta jurisdição, temos apenas que respeitar”, disse.

Já o presidente da Câmara, Neilon Carvalho, afirmou que o resultado da audiência foi positiva, uma vez que esclareceu para população que a atuação da PRF no município não tem nada a ver com prefeito e nem com os vereadores. “Os inspetores deixaram bem claro que são pagos para fazer o trabalho deles e assim eles têm que fazer o trabalho da forma legal, sem interferência de político A ou B, se fazendo cumprir a lei de trânsito”, finalizou o vereador.

Presidente da Câmara, Neilon Carvalho

Participaram também da audiência, os vereadores Edivaldo Fontes, João Batista, Henrique Leal, Felipe Borges, Tiago Leal, Lucas Rufino e Márcia Macedo; os secretários municipais Joane Feitosa (Agricultura), Ricardo Leal (Governo), Gilberto Vieira (Educação) e Marcinho (Obras); e ainda, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, José Ilton; o presidente da Associação do Alto Santa Catarina, Paulo Afonso; e moradores.

Texto e fotos: Folha Atual

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade