ad16
DestaquesTodas as Notícias

Previne Brasil: Indicadores do 1º quadrimestre apontam avanços na Saúde de Picos

A nota anterior era de 4.4 e agora após a nova gestão, com a primeira avaliação, subiu para 6.0.

A Secretaria Municipal de Saúde de Picos foi informada ainda durante o fim de semana que saiu a nota referente ao 1º quadrimestre do ano, em relação ao Previne Brasil. De acordo com os dados o município cresceu nos indicadores e ficou com uma avaliação de 6.0, sendo que a última nota do Previne Brasil para a Saúde do município era de 4.4.

A proposta do Previne Brasil tem como princípio a estruturação de um modelo de financiamento focado em aumentar o acesso das pessoas aos serviços da Atenção Primária e o vínculo entre população e equipe, com base em mecanismos que induzem à responsabilização dos gestores e dos profissionais pelas pessoas que assistem.

O Previne Brasil define o financiamento da Atenção Básica que o município receberá do Ministério da Saúde. De acordo com o Secretário, Aldo Gil, receberam um prazo de até o mês de agosto para estarem se adaptando, melhorando e realizarem as mudanças para melhorar esses indicadores.

“Nos primeiros quatro meses que tivemos para trabalhar e melhorar esses indicadores aqui em Picos, conseguimos dar uma melhorada considerável e significativa. Saímos de uma nota geral de 4.4, para 6.0, visto o pouco tempo que tivemos para trabalhar, claro que vamos continuar trabalhando para melhorar ainda mais esses indicadores, contudo, já é uma melhora significativa”, frisou o Secretário.

Secretário de Saúde, Aldo Gil – Foto: Romário Mendes

Aldo Gil explica que nos pontos em que não tiveram uma nota tão boa se dá pela falta de informatização que o município se encontrava. Contudo, já providenciou equipamentos para realizar o cadastro dos devidos dados.

“Estamos fazendo a compra de 47 computadores para equiparmos 9 UBS’s com o programa Informatize, o recurso já foi enviado pelo Ministério da Saúde, e já foi licitado, está no ponto de fazermos essa compra. Com certeza, equipando essas 9 UBS’s vai ajudar muito na melhora desses indicadores”, explicou Aldo Gil.

Os indicadores atuais são sete, a partir do próximo semestre irão aumentar outros indicadores. Veja os indicadores atuais e suas porcentagens avaliadas:

  • Dados Atuais (2021 – Q1)

– Pré-Natal (6 consultas) 54%;

– Pré-Natal (Sífilis e HIV) 77%;

– Gestantes Saúde Bucal 54%;

– Cobertura Pólio e Penta 41%;

– Diabetes (Hemoglobina Glicada) 29%;

– Cobertura Citopatológico 19%;

– Hipertensão (PA aferida) 10%.

  • Dados Antigo (2020 – Q3)

– Pré-Natal (6 consultas) 35%;

– Pré-Natal (Sífilis e HIV) 52%;

– Gestantes Saúde Bucal 34%;

– Cobertura Pólio e Penta 36%;

– Diabetes (Hemoglobina Glicada) 17%;

– Cobertura Citopatológico 18%;

– Hipertensão (PA aferida) 7%.

Veja a evolução de desempenho!

CCOM – PMP

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade