ad16
PolíciaTodas as Notícias

PRF encontra motos roubadas e placa falsa em autopeças de Oeiras

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) fizeram uma abordagem, na manhã da quarta-feira (21), a uma loja de autopeças localizada no quilômetro 197 da BR 230, em Oeiras, e localizaram dois veículos roubados e uma placa falsa.

Os agentes suspeitaram das três motocicletas que estavam paradas na calçada da loja e realizaram avaliação dos elementos identificadores dos veículos. Na vistoria foi constatado que os dados não correspondiam aos originais, de acordo com consultas realizadas aos sistemas PRF.

Motos apreendidas pela Polícia Militar Foto: Cidades na Net
Foto Ilustração

De acordo com o delegado da Polícia Civil de Oeiras, Paulo Sérgio, as motocicletas apreendidas não pertencem ao dono da loja. Estavam lá passando por uma revisão.

Segundo a PRF, uma das motocicletas estava com a placa clonada GVB-9254, entretanto, a original era DVP-9869, com registro de roubo/furto. A segunda estava com sinais identificadores suprimidos e somente foi possível identificá-la após averiguação mais detalhada, chegando-se a sua placa original LWK-3893, também com registro de roubo/furto.

A terceira motocicleta estava com a placa CMT-3016 e vários elementos de identificação adulterados, tendo sido necessário também realizar buscas no veículo e nos sistemas para se chegar à verdadeira placa EGJ-7818. O responsável pelo veículo, F. dos S., 18 anos, não prestou informações relevantes.

Advogada contesta informações

A assessoria jurídica do proprietário da loja de autopeças contestou as informações divulgadas pela Polícia Rodoviária Federal após a apreensão dos veículos. O proprietário da oficina foi citado pela PRF como proprietário de duas motocicletas compradas por meio de “recibo extrao ficial”.

Segundo a advogada Rosa Meneses, os policiais entraram no estabelecimento de seu cliente sem mandado de busca. Além disso, as motos não seriam do proprietário, mas sim de clientes da sua oficina que deixaram os veículos no local para conserto. As motocicletas também não estariam na calçada, como relatado inicialmente.

Outra informação repassada pela PRF foi a de que os dois supostos proprietários das motos foram presos e levados para a delegacia de Oeiras. Rosa Meneses nega que seu cliente tenha sido preso.
A advogada informou que seu cliente registrou boletim de ocorrência na delegacia regional de Oeiras em razão das informações divulgadas pela PRF/PI.

Fonte: Mural da Vila

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade