ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

PRF registra aumento de 135% no número de mortes nas estradas do Piauí

[ad#336×280]A Polícia Rodoviária Federal divulgou nesta sexta-feira (2) o balanço parcial da Operação Rodovida. Segundo a PRF, entre os dias 27 de dezembro e 1º de janeiro foram registrados 37 acidentes nas rodovias federais que resultaram na morte de cinco pessoas e deixaram outras 32 feridas. Isso representa um aumento de 135% na taxa de mortalidade se comparado com mesmo período de 2013.

Apesar das estatísticas negativas, a Polícia Rodoviária Federal informou que houve uma queda de 49% no índice de acidentes graves, aqueles que resultam em um ferido grave ou um óbito, e de 24% na taxa de feridos.

 

Colisão frontal entre carro e carreta resultou na morte de duas pessoas no PI (Foto: Polícia Rodoviária Federal)
Colisão frontal entre carro e carreta resultou na morte de duas pessoas no PI (Foto: Polícia Rodoviária Federal)

A PRF diz ainda que os números são preocupantes, mas ainda há um fator positivo porque os acidentes não tiveram relação com o intenso fluxo para o Litoral. Para o órgão, isso demonstra um maior comprometimento das pessoas com a questão do trânsito.

Infrações
As principais infrações cometidas pelos condutores e responsáveis por um terço das mortes que ocorrem nas rodovias estão: a ultrapassagem indevida, ecesso de velocidade e a embriaguez ao volante. Neste período, 23 pessoas foram flagradas dirigindo após consumir bebida alcoólica e sete delas foram presas.

Para a PRF, ao contrário do que muitos pensam, tradicionalmente, o feriado da virada de ano é menos violento nas rodovias federais do que o período das festas natalinas. A festa de cunho religioso costuma ser marcada por reuniões familiares e, para muitas famílias, inicia também o período de descanso e as viagens de férias, com retorno já em meados de janeiro.

Dessa maneira, na saída para o Natal o movimento nas estradas é concentrado e uniforme, com fluxo intenso de veículos em todas as Brs, ao contrário do que ocorre na época das festas de Réveillon, quando o volume de tráfego é direcionado para as regiões litorâneas.

G1 PI

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade