ad16
Geral

PRF registra menos acidentes no PI em relação a janeiro do ano passado

[ad#336×280]O número de acidentes em janeiro de 2014 nas estradas do Piauí deve ser menor do que no mesmo período do ano passado, informou o inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF-PI), Isaías Segundo. Foram registrados até hoje 194 acidentes, 37 a menos do que o registrado em janeiro de 2013. O número de mortos e de feridos nestes acidentes também deve ser menor. Segundo a PRF, a diminuição deve-se principalmente ao aumento das autuações por embriaguez.

“Vários fatores podem contribuir para essa diminuição de acidentes com relação ao ano passado como a nossa fiscalização nos finais de semana com a detenção de pessoas embriagadas”, afirmou o inspetor. Os relatórios da PRF reforçam essa tese. Foram multados neste mês de janeiro 118 motoristas embriagados, dos quais 36 foram detidos. No mesmo período do ano passado, esse número foi menor: foram aplicadas 72 multas e 37 pessoas foram detidas.

Acidente com picape Saveiro da empresa Picos Informática - Foto: Danilo Bezerra
Acidente com picape Saveiro da empresa Picos Informática – Foto: Danilo Bezerra

Foram 94 feridos e 12 mortos até agora, números também menores com relação aos registrados ano passado. “Esse número pode ser um pouco maior”, reconheceu o inspetor. Isso porque há boletins que ainda não constam nos relatórios consultados pela PRF. “Só saberemos a situação real quando da consolidação dos dados do mês inteiro, mas é notória a redução dos feridos e mortos”, comemorou.

A operação Rodovida da PRF, que se encerra amanhã, também contribuiu para a diminuição dos acidentes. “Observamos onde tem maior fluxo e aumentamos a fiscalização”, explicou o inspetor. Mesmo assim, a BR-316 e a BR-343, por serem as mais movimentadas, segundo o inspetor, ainda são as que registram a maior parte dos acidentes.

Para o final de janeiro e começo de fevereiro, a PRF deve intensificar a fiscalização nos acessos a Teresina por conta do início das aulas. O inspetor afirma que nesse período aumenta o fluxo de veículos com destino à capital, principalmente de cidades como Altos, Campo Maior José de Freitas e Demerval Lobão. “Sabemos que a maior movimentação é para Teresina. Muitas pessoas tem deslocamento diário para assistir aulas na capital e intensificamos a fiscalização nesse pontos”, observou.

Fonte: G1 Piauí

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade