ad16
GeralTodas as Notícias

PROERD atenderá cerca de 200 alunos da Rede Municipal em Picos

Prefeitura firmou parceria com Polícia Militar para aplicação do Programa

A Prefeitura Municipal de Picos, através da Secretaria de Educação, firmou parceria com Polícia Militar para aplicação do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) em quatro escolas da Rede Municipal, visando atender cerca de 200 alunos.

O prefeito de Picos, Padre Walmir, destaca os pontos positivos da implantação do programa educacional em Picos.

“Nós já tivemos a experiência de realizar esse trabalho em 2014, se não me engano, já sabemos da importância, já tinha ouvido falar naquela época em outros estados, realmente transforma vidas, é o combate da violência, das drogas, dos vícios e tantos outros males que atingem nossos jovens e adolescentes, e o convênio com a Polícia Militar é uma presença de um  educador que traz um currículo diferente, que traz um conteúdo próprio para o cotidiano dessas crianças e suas famílias, e com certeza, vai ajudar nossas crianças e adolescentes de Picos”, assegura.

A coordenadora estadual do Proerd Piauí, Major Josilene Alves Dias, ressalta as ações desenvolvidas no projeto, e o público atendido por ele.

“O Proerd é um programa educacional de resistência às drogas e à violência que acontece em parceria entre família, escola e polícia, e ele atende públicos específicos, já com a metodologia adequada, atende as crianças nas séries iniciais, tanto no ensino infantil quanto nas primeiras séries do ensino fundamental, o 5º ano e 7º ano, e a gente ainda tem um currículo que atende aos pais e responsáveis das crianças”, frisa.

Coordenadora estadual do Proerd Piauí, Major Josilene Alves Dias – Foto: CCOM

A secretária de Educação, Rosilene Monteiro, ressalta que esse programa já deu certo em Picos, e o contentamento em ter esse projeto mais uma vez na cidade.

“Eu sou encantada por esse tipo de projeto, já tivemos esse projeto quando o Padre Walmir era secretário de Educação, então foi uma experiência exitosa e eu não tenho nenhuma dúvida que esse ano vai acontecer da mesma forma. Nós ficamos muito contentes em receber esse tipo de projeto na escola, pois sabemos que temos escolas em bairros bem vulneráveis. A presença desses instrutores dentro da sala de aula vai trazer uma tranquilidade muito grande, é um projeto que deu certo, vem dando certo por todos lugares onde passa, e na nossa cidade nãos será diferente”, afirma.

Secretária Rosilene Monteiro – Foto: CCOM

De acordo com o instrutor do PROERD, sargento Saulo Sousa Moura, aspectos preventivos serão levados para sala de aula para que possa ajudar as crianças e suas famílias.

 

“A gente vai implementar aqui em Picos agora, de maneira efetiva, o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência, ou seja, a gente vai levar para a sala de aula os conhecimentos para que esses alunos aprendam a resistir à pressão, aprenda a decidir a dizer não às drogas, que eles saibam efetivamente como se comportar e enfrentar esse problema que efetivamente acaba isolando e acaba com muitas famílias. Então a nossa ideia é trabalhar na prevenção para evitar que essas crianças se envolvam com drogas. Então a gente vai realizar o trabalho preventivo afim de ajudar essas pessoas, essas famílias”, destaca.

Ainda de acordo com a coordenadora estadual do Proerd, a previsão é que as atividades iniciem na próxima semana. “Na próxima semana a gente já vai estar começando as atividades aqui nessa cidade. Nós temos três instrutores, três policiais que vão estar atuando, e esperamos no final do ano já estar fazendo a formatura desses pequenos que vão estar iniciando suas atividades agora”, pontua.

A ideia é que em 2020 o projeto seja expandido para mais escolas municipais.

Fonte: CCOM

Tags

Leia Também

Publicidade