ad16
EducaçãoTodas as Notícias

Professores suspendem greve após governo antecipar parcela de reajuste

Professores da rede estadual decidiram suspender na manhã desta segunda-feira (20) a paralisação, que já durava uma semana e prejudicou o início do ano letivo. O fim do movimento veio após o governo do Estado antecipar o pagamento da segunda parcela do reajuste, de 3,64%, para o mês de maio.

A categoria inicou uma paralisação por tempo indeterminado no dia 13 de fevereiro, em protesto ao parcelamento em duas vezes do reajuste de 7,64%, referente ao piso nacional dos magistrados, que é de R$ 2.298. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado do Piauí (Sinte-PI), a paralisação afetou 70% das escolas estaduais.

“Os professores estiveram reunidos em assembleia analisando a nova proposta do governo, de antecipar a segunda parcela do reajuste de junho para maio. Decidimos então suspender o movimento, mas vamos acionar a justiça para receber este valor retroativo, já que segundo a lei federal, o pagamento deveria ocorrer em única parcela”, declarou Odeni Silva, presidente do Sinte-PI.

Ainda de acordo com a sindicalista, as aulas serão retomadas nesta terça-feira (21). Ao todo, as escolas estaduais possuem 209 mil alunos e 18 mil servidores. Na semana passada, o secretário estadual de administração, Franzé Silva, revelou a possibilidade de sugerir a antecipação da segunda parcela a partir do balanço do primeiro quadrimestre de 2017.

G1 Piauí

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade