ad16
GeralTodas as Notícias

Projeto inicia ações de revitalização das margens do Guaribas

Segundo comenta o secretário de Limpeza e Serviços Pública local Antônio Airtom, o referido projeto ocorre no momento em que o rio Guaribas sofre variadas agressões ambientais em seu leito.

Uma parceria entre a Secretaria de Meio Ambiente e Secretaria de Serviços Públicos de Picos, propõe a revitalização e limpeza das margens do Rio Guaribas. Segundo comenta o secretário de Limpeza e Serviços Pública local Antônio Airtom, o referido projeto ocorre no momento em que o rio Guaribas sofre variadas agressões ambientais em seu leito.

“É um projeto de limpeza, onde também buscamos revitalizar as margens do nosso rio e assegurar melhor qualidade de vida aos ribeirinhos. Entendemos que o rio sofre todo tipo de agressão ambiental e por isso pretendemos melhorar suas margens, por meio da sua limpeza e revitalização”, comenta.

O referido projeto ocorre no momento em que o rio Guaribas sofre variadas agressões ambientais em seu leito

A secretária de Meio Ambiente de Picos, Maria Santana, destacou a grandeza do projeto de revitalização das margens do Rio Guaribas, onde a  limpeza e a busca da  revitalização, implica esforço conjunto da gestão municipal. Segundo a secretária, a parceria envolvida no  projeto, integra ações que visam proporcionar um ambiente saudável aos ribeirinhos, além de manter o serviço de limpeza em locais considerados estratégicos.

Maria Santana também ressalta o apoio  do prefeito Pe. Walmir Lima quando da garantia de recursos técnicos e humanos na realização do projeto.

“O prefeito Pe. Walmir Lima é o nosso maior aliado pois o mesmo destinou todos os recursos para que nós pudéssemos botar em prática essas incitativas em benefício da nossa sociedade, como é o caso da limpeza das margens do Rio Guaribas e sua revitalização”, destaca.

Mutirão de combate à dengue

No  projeto, estão ainda, ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, pois as equipes do meio ambiente estão a postos informando a população sobre os riscos da água parada. O trabalho é feito nas casas por meio de panfletos, além de orientações de como manter vasos e locais que possam acumular água. O trabalho de hoje teve início na rua Aureliano Ferreira, bairro Boa Sorte.

Tags

Leia Também

Publicidade