ad16
DestaquesGeral

Projeto Rondon promoverá desenvolvimento sustentável em cidades da região de Picos

[ad#336×280]Uma equipe do Projeto Rondon desembarca em Teresina na nesta sexta-feira (11), para início da Operação Canudos, que este ano vai atender oito municípios do Piauí, em um período de 17 dias. A operação também será desenvolvida nos estados de Pernambuco e Bahia e se prolongará até o dia 27 de janeiro.

No Piauí, serão atendidos os municípios de Dirceu Arcoverde, JacobinaPaulistana, PatosQueimada Nova, São João do Piauí,São Raimundo Nonato e Simões, todos eles localizados no semiárido, a região mais seca do estado.

O Rondon, coordenado pelo Ministério da Defesa, é um projeto de integração social que envolve a participação voluntária de estudantes universitários na busca de soluções que contribuam para o desenvolvimento sustentável de comunidades carentes e ampliem o bem-estar da população.

Na operação deste ano, 400 rondonistas atuarão nas áreas de cultura, direitos humanos e justiça, educação, saúde, comunicação, tecnologia e produção, e meio ambiente e trabalho.

No setor cultural, as atividades serão voltadas para capacitar agentes multiplicadores para o desenvolvimento de atividades que valorizem a cultura local e promovam o intercâmbio de informações. Já na área de direitos humanos e justiça, vão capacitar gestores municipais, conselheiros e lideranças comunitárias em gestão de políticas públicas, particularmente em desenvolvimento social, como acesso à renda, enfrentamento das situações de trabalho infantil e exploração sexual de crianças e adolescentes.

Na área de educação, os rondonistas vão capacitar educadores do ensino fundamental e médio sobre técnicas de ensino e aprendizagem, motivação, relacionamento interpessoal, distúrbios de aprendizagem, educação inclusiva e no atendimento a pessoas com necessidades educativas especiais.

Na saúde, serão capacitados agentes de saúde em saúde da família, saúde bucal, saúde ambiental, doenças endêmicas, acolhimento e humanização do atendimento em saúde. Também serão capacitados multiplicadores em saúde sexual e reprodutiva de adolescentes e jovens, na prevenção da prostituição infantil, na prevenção do uso do álcool e drogas e na prevenção da violência contra mulheres, crianças e adolescentes, entre outros.

No setor de comunicação, o projeto pretende capacitar agentes multiplicadores e servidores municipais na produção e difusão de material informativo para a população usando os meios de comunicação, em particular as rádios comunitárias, e divulgar às lideranças e servidores municipais os benefícios, serviços e programas oferecidos na esfera federal.

Projeto
A primeira ação do Rondon ocorreu no dia 11 de julho de 1967, em Rondônia, com dois professores e 30 alunos. Em 1989, foram encerradas as ações, e em janeiro de 2005, em Tabatinga (AM), o projeto foi relançado.

Em oito anos, a iniciativa já contabilizou a participação de 13.800 rondonistas, 884 municípios e cerca de 500 instituições de ensino superior. A prioridade é para os estados do Norte e Nordeste. Com informações do G1 Piauí

Tags
LER MATÉRIA COMPLETA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também