ad16
DestaquesSaúdeTodas as Notícias

Quase 4.000 exames já foram realizados no CTA de Picos este ano, informa coordenador

Também foram realizados 1506 atendimentos de consultório

Apenas este ano, entre os meses de janeiro a março, 3.700 exames de Doenças Sexualmente Transmissíveis foram realizados no Centro de Testagem e Aconselhamento de Picos – CTA, segundo informou o coordenador local, Fábio Bernardes.

Segundo ele, além dos exames de HIV, sífilis, hepatites B e C, também foram realizados 1506 atendimentos de consultório, os quais ocorrem para entrega dos resultados e também atendimentos médicos, caso o paciente seja positivado para alguma DST.

Fábio Bernardes destacou a expressividade na quantidade de casos de sífilis, especialmente no mês de março, onde foram registrados 23 casos. Nos meses de janeiro e fevereiro foram positivados 13 e 3 pacientes, respectivamente. Neste mês duas pessoas já receberam resultado positivo para a doença.

Já em relação aos casos de HIV foram registrados 4 em março e, até este momento, nenhum em abril.

O coordenador do CTA relatou ao Portal RiachãoNet que a quantidade de pessoas que procuraram o local no mês de janeiro foi elevado em mais de 60% durante março. No primeiro mês do ano foram realizadas 381 consultas. Já neste último do primeiro trimestre foram 612.

Para Fábio Bernardes, o aumento no número indica que as pessoas confiam no trabalho sigiloso do CTA e isso aumenta a quebra de barreiras que talvez impeçam a procura pela unidade de saúde. E para romper os tabus, são realizadas atividades educativas. Neste primeiro trimestre foram 81.

“Desde fevereiro estamos desenvolvendo algumas atividades. Mesmo sem carnaval, a prevenção continuou. Fizemos a distribuição de preservativos, lubrificantes. Fizemos a divulgação sobre as DSTs no CTA e, em breve, vamos colocar isso como extramuro, ou seja, iniciaremos nossas palestras fora das paredes do CTA. Algumas faculdades já fizeram o pedido. Em decorrência da pandemia está tudo um pouco mais limitado, mas já estamos esperando normalizar para realizarmos os projetos”, disse ele.

O Centro de Testagem e Aconselhamento funciona de segunda a sexta, das 07h00 às 13h00 e o paciente deve estar munido do Cartão do SUS e RG. Não é preciso fazer nenhum agendamento e o atendimento é de forma individualizada e sigilosa.

“Os testes são feitos de forma sigilosa e dentro de 3 dias os resultados saem. Temos os aconselhadores que são os responsáveis por orientar e tirar as possíveis dúvidas que surgirem, conforme cada situação, prestando apoio emocional como forma de colaborar para que as pessoas entendam e reflitam a respeito dos riscos gerados pela doença. As relações sexuais não deixaram de acontecer, e muitas vezes aconteceram de forma desprotegida, por isso nós temos por obrigação orientar e mostrar as consequências dessas doenças e frisarmos a prevenção, diagnóstico e acompanhamento”, destacou.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade