ad16
DestaquesMunicípiosPio IX

Quatro crianças de 10 e 12 anos são flagradas roubando escola

Praça no centro de Pio IX-PI

Igreja Matriz de Pio IX-PI

Duas escolas públicas foram arrombadas nesta semana no município de Pio IX (a 130 km de Picos). Os autores de pelo menos uma das infrações são quatro jovens menores de idade. Dois deles têm 12 anos e os outros dois apenas 10 anos.

Na noite de quarta-feira (07) eles foram detidos no interior do prédio onde funciona a Unidade Escolar Maria Matutina. Os menores foram flagrados pelo professor Nilton Queiros, diretor da escola. Eles iam levar aparelhos de som e DVD, bolas, máquina digital e um telefone da escola.

A Polícia Militar averigua se os garotos agiam independentes ou se foram contratados por alguém.

Recolhidas pela polícia, as duas crianças de 10 anos foram prontamente liberadas. As outras duas estão detidas em uma sala separada na sede do Grupamento da Polícia Militar de Pio IX, onde criminosos condenados cumprem penas.

O Conselho Tutelar do município cuida do caso. Como em Pio IX não existe delegacia especializada para atender menores infratores, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) permite que eles fiquem recolhidos no Grupamento da PM por um prazo máximo de 24 horas.

Diz Artigo 175 do ECA: “Nas localidades onde não houver entidade de atendimento, a apresentação far-se-á pela autoridade policial. À falta de repartição policial especializada, o adolescente aguardará a apresentação em dependência separada da destinada a maiores, não podendo, em qualquer hipótese, exceder o prazo referido no parágrafo anterior [que é de 24 horas].”

Após essa procedimento, a autoridade judiciária poderá encaminhar os adolescentes para internação em unidade adequada ou determinar que eles sejam libertados. “Em casos assim, onde a potencialidade da infração foi pequena, a liberdade é a regra”, entende a promotora Leida Diniz, coordenadora do Centro de Apoio Operacional de Defesa da Infância e da Juventude.

Baderna

Há suspeitas de que os quatro jovens também arrombaram, no início da semana, a Unidade Escolar Padre Ibiapina, colégio mais antigo de Pio IX. Nenhum objeto foi levado, mas uma grande bagunça foi feita nas dependências da escola.

Os invasores comeram produtos da merenda escolar, espalharam leite e outros alimentos no chão, defecaram na cantina e destruíram vários carimbos da secretaria.

Fonte: PortalAZ

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade