ad16
Eleições 2016GeralTodas as Notícias

Quociente eleitoral para vereador em Picos deverá ficar em 2.933 votos

O município de Picos possui atualmente 49.001 eleitores aptos a votar nas eleições municipais marcadas para o dia 2 de outubro deste ano. A informação foi repassada pelo chefe de cartório da 10ª Zona Eleitoral da Comarca de Picos, bacharel Luís Borges. Na comparação com 2012 houve um acréscimo de 5.661 novos eleitores. Naquele ano eram 43.340 os eleitores habilitados para o voto.

Embora o Tribunal Superior Eleitoral não tenha liberado no seu portal o quantitativo de votos das mulheres para 2016, sabe-se que em 2012 o contingente feminino era de 53,56% do total de eleitores aptos ao exercício do voto.

Chefe de Cartório da 10ª Zona Eleitoral da Comarca de Picos, bacharel Luís Borges afirma que o quociente eleitoral subiu em 2016
Chefe de Cartório da 10ª Zona Eleitoral da Comarca de Picos, bacharel Luís Borges afirma que o quociente eleitoral subiu em 2016

De acordo com o bacharel Luís Borges, em números absolutos o quociente eleitoral para o preenchimento das 15 vagas de vereador, existentes na Câmara Municipal de Picos, será de 3.266 votos. Em tese será esse o número de votos que cada partido – Caso dispute a eleição com  “chapa pura” – terá que alcançar para eleger um vereador.

Esse número é o mesmo que uma coligação – aliança de vários partidos na chapa proporcional, ou seja, para vereador – necessitará atingir, com a finalidade de eleger um parlamentar municipal. Em 2012 o quociente eleitoral, também em números absolutos, era de 2.889 votos.

Dirigentes do PCdoB municipal estimam que, o volume dos votos válidos – aqueles que são considerados para a formação do quociente eleitoral – ficarão na casa dos 44.000 votos. Divididos por 15, resultaria num quociente de 2.933 votos, em média. O número considerado elevado pelos partidos está provocando “rearranjos” nas futuras coligações.

Fonte: Folha Picoense

Tags
LER MATÉRIA COMPLETA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também